TRE-PR CRIA CANAL EXCLUSIVO PARA DENÚNCIAS DE VIOLÊNCIA CONTRA MULHER

Autoridades, especialistas convidadas e servidoras no lançamento da Ouvidoria da Mulher do TRE-PR – Foto: TRE-PR

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) lançou na última sexta-feira (04/02) a Ouvidoria da Mulher, um canal exclusivo para a denúncia de assédio, moral ou sexual, discriminação, e qualquer tipo de violência contra a mulher, sejam elas servidoras, magistradas, promotoras, colaboradoras, estagiárias ou eleitoras, candidatas e advogadas.

Segundo o Ouvidor do TRE-PR, Dr. Thiago Paiva dos Santos, “a Ouvidoria da Mulher mostra o comprometimento da instituição em valorizar a participação feminina e garantir um ambiente de acolhimento, de escuta ativa, que encaminha e acompanha a apuração das denúncias que forem recebidas”.

O canal também receberá denúncias de fraude à quota de gênero durante as eleições de 2022, visando evitar a apresentação de candidaturas laranjas pelos partidos políticos e assim garantir o cumprimento mínimo da quota de gênero, prevista na Lei das Eleições.

O lançamento contou com uma exposição temática da promotora de Justiça do Estado de São Paulo, Dra. Gabriela Manssur, eleita pela Revista Forbes como uma das 20 mulheres mais poderosas do Brasil, da Dra. Marilena Winter, primeira mulher a presidir a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – Seção Paraná, e, também das desembargadoras Priscilla Placha Sá e Ana Lúcia Lourenço, ex e atual coordenadora do CEVID – Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná.

Do TRE/PR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *