SETOR DE PETRÓLEO IMPULSIONOU INVESTIMENTOS NO 4º TRIMESTRE DE 2020

SETOR DE PETRÓLEO IMPULSIONOU INVESTIMENTOS NO 4º TRIMESTRE DE 2020

Levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revelou uma alta de 13,5% em investimentos na economia brasileira no quarto trimestre de 2020, em relação ao terceiro trimestre. Esse foi também o percentual obtido na comparação com o mesmo período do ano anterior, isto é, o quarto trimestre de 2019. O resultado, segundo o Ipea, foi impulsionado pela importação de plataformas de petróleo em dezembro.

Os dados são do Indicador Ipea Mensal de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF), divulgado nesta quarta-feira (03/03), que monitora a alocação de recursos no aumento da capacidade produtiva da economia. São medidos investimentos em máquinas e equipamentos, na construção civil e em outros ativos fixos, como propriedade intelectual, lavouras permanentes e gado de reprodução, entre outros.

A nova edição do levantamento traz os dados de dezembro, fechando também os números do quarto trimestre de 2020. Considerando só o mês de dezembro, houve um avanço de 22,2% na comparação com novembro. Na comparação com dezembro de 2019, a expansão é ainda maior, de 47,4%.

No acumulado de 12 meses, de janeiro a dezembro de 2020, os investimentos recuaram 0,8%. “Estimamos que, sem o efeito das importações de plataformas ao longo de 2020, mais notadamente nos meses de maio e dezembro, o resultado da FBCF teria sido mais negativo (-4,8%)”, registra o Ipea.

O consumo aparente de máquinas e equipamentos apresentou uma alta de 59,2%, encerrando o quarto trimestre com uma alta de 39,8%. “De acordo com os seus componentes, enquanto a produção nacional de máquinas e equipamentos recuou 10,2% em dezembro, a importação aumentou 304,4% no mesmo período, devido à realização de importações de plataformas de petróleo no valor de US$ 4,8 bilhões”, aponta o levantamento.

No acumulado em 12 meses, a demanda interna por máquinas e equipamentos encerrou o ano de 2020 com queda de 1,1%. Já na construção civil, os investimentos retrocederam 3,3% em dezembro. No entanto, na soma dos meses do quarto trimestre, o segmento registrou avanço de 0,6%.

Foto: Tânia Rego / Agência Brasil

Da Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *