QUEIROGA VISITA FOZ APÓS ENTREGA DE DOSES EXTRAS DE VACINA

Foto: Gilson Abreu/AEN

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e o secretário estadual da Saúde, Beto Preto, visitam Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, nesta terça-feira (20/07). A vinda ocorre após a entrega de lote extra de vacinas contra a Covid-19 para as quatro cidades da fronteira no Paraná.

Acompanhados do prefeito Chico Brasileiro (PSC) e da secretária municipal de Saúde, Rosa Maria Jeronymo, as autoridades foram até a sede da Vigilância em Saúde e aplicaram vacinas em quatro pessoas com dupla cidadania, moradores de Foz do Iguaçu

Durante a visita, Queiroga mencionou sobre o planejamento de imunização no país, com aplicação da primeira dose em 100% da população antes de outubro.

“Nós temos um compromisso já assumido com a população brasileira e efetivado na prática com os resultados que já se vê: redução de óbitos e avançando fortemente na campanha de vacinação. Mais de 50% da população vacinável brasileira vacinada com a primeira dose da vacina. Vamos avançar. Até setembro 100% estará vacinada com a primeira dose e 50% vacinado com a segunda dose, com as doses que nós já adquirimos”, disse o ministro.

O ministro disse ainda sobre a preocupação com a variante delta no país, principalmente na tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina, o que justifica o envio de vacinas extras para Foz do Iguaçu, Guaíra, Santo Antônio do Sudoeste e Barracão.

Até segunda-feira (19/07), o Brasil havia identificado 110 casos da variante delta (B.1.671.2), de acordo com dados divulgados pelo Ministério da Saúde. Entre esses pacientes, cinco evoluíram para a versão grave da Covid-19.

“Esses casos estão isolados, bem como seus contactantes, para que se evite uma propagação comunitária. O que é importante? É importante avançar na vacina. Até para que a gente possa conter variantes, criar uma espécie de um cordão epidemiológico vacinando a população fronteiriça, para evitar que variantes que vêm de outro país possam chegar aqui ao Brasil, e atenção especial às nossas fronteiras secas.”

Pandemia em Foz do Iguaçu
De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, até esta terça-feira, Foz do Iguaçu vacinou 138.67 pessoas com a primeira dose da vacina. Desse total, 38.541 receberam a segunda aplicação.

Além disso, outros 6,4 mil moradores foram imunizados com a vacina de dose única.

Com a chegada de doses extras, o município ampliou a vacinação e está imunizando pessoas com 28 anos ou mais.

De acordo com a prefeitura, a cidade imunizou 70% da população adulta com a primeira dose e a expectativa é vacinar toda essa faixa etária até o início de agosto.

A cidade registrou, até o momento, 41.596 casos do novo coronavírus e 1.064 mortes pela Covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *