PALÁCIO IGUAÇU E ASSEMBLEIA SÃO ILUMINADOS COM AS CORES DA UCRÂNIA

Palácio Iguaçu com as cores da Ucrânia – Curitiba, 03/02/2022

A partir da noite desta quinta-feira (03/03), o Palácio Iguaçu, sede do Governo do Paraná, passou a ser iluminado com as cores da bandeira da Ucrânia. O azul e o amarelo, projetados na fachada, também colorem monumentos, prédios públicos e representações diplomáticas do mundo inteiro.

A ação simbólica no edifício mais representativo do Estado reforça a solidariedade do governo paranaense com o povo ucraniano e a esperança de que o diálogo e as negociações diplomáticas resultem no fim do conflito, iniciado há oito dias com a ofensiva militar deflagrada pela Rússia naquele país.

O Paraná abriga grande número de imigrantes vindos da Ucrânia. Há mais de 100 anos, os ucranianos vieram para o Estado e se fixaram, em sua maioria, na região de Prudentópolis. Hoje, quase 500 mil vivem no Paraná. É o maior número fora do seu país de origem.

Foto: Orlando Kissner/Alep

Assembleia Legislativa do Paraná
Antes do Palácio Iguaçu, a Assembleia Legislativa do Paraná já estava iluminada com as cores da bandeira ucraniana, desde o dia 1º de março, em uma singela homenagem do Poder Legislativo à resistência do povo ucraniano, que sofre com os ataques militares realizados pela Rússia desde a semana passada.

“Essa foi uma forma de homenagearmos essa Nação e também o seu povo, que muito contribuiu e contribui para o desenvolvimento do nosso Paraná”, disse o presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB), em referência aos quase 500 mil ucranianos e descendentes de ucranianos que vivem no estado.

Da mesma forma, o primeiro-secretário da Assembleia, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), disse que o “Poder Legislativo demonstra seu respeito pela sociedade ucraniana, que tem grande influência na cultura e economia do Paraná. O mundo está vendo a barbárie que está sendo cometida”.

Com informações da AEN e da Assembleia Legislativa do Paraná.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *