‘NÃO TEMOS PRESSA PARA TIRAR A MÁSCARA’, DIZ O GOVERNADOR DO PARANÁ

Foto: Jonathan Campos/AEN

O governador do Paraná Ratinho Junior disse em entrevista coletiva em Maringá que o fim da obrigatoriedade do uso de máscara é um segundo passo após a vacinação, mas não há pressa para isso. A vacinação avança com a chegada de lotes específicos para adolescentes de 12 a 17 anos. As informações são do GMC Online.

“Maringá começa com 15 e 16 anos a vacinar e a região também. A gente espera que até final de novembro, os adolescentes estejam vacinados pelo menos com a primeira dose da Pfizer e, automaticamente, a curva de infectados, de pessoas que estão nos hospitais e até óbitos tem caído muito aqui no Estado e no Brasil como uum todo, deixando muito claro que a vacina funciona. É o que protege, é o que salva, é o que faz a gente voltar com a normalidade”, afirma o governador.

“Essa questão de máscara, eu acho que é um segundo passo, mais para frente. Não temos pressa para isso, todo mundo já se acostumou com máscara, todo mundo também já entendeu que protege, então nós não podemos ter pressa. Nosso primeiro planejamento é vencer a doença para que todo mundo esteja tranquilo. Quando todo mundo tiver tranquilo, a gente volta a discutir essa pauta”, complementa Ratinho Junior.

Do GMC Online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *