MENDONÇA, EM SEU PRIMEIRO DESPACHO, PEDE INFORMAÇÕES SOBRE FUNDÃO ELEITORAL

Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

Em seu primeiro despacho depois de quase um mês como empossado, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) André Mendonça pediu informações à Presidência e ao Congresso sobre o Fundão Eleitoral nesta quarta-feira (12/01). A ação questiona a liberação de R$ 5,7 bilhões para o fundo que vai financiar as campanhas eleitorais de 2022. As informações são de Sandy Mendes do Congresso Em Foco.

Mendonça deu cinco dias para que o presidente Jair Bolsonaro, a Câmara dos Deputados e o Senado Federal prestem dados sobre o gasto do fundão.

“Em homenagem à segurança jurídica a ser necessariamente promovida pela jurisdição constitucional, assim como diante da relevância do acesso aos recursos do FEFC no âmbito da decisão pela migração partidária e da igualdade de chances no pleito eleitoral, demonstra-se recomendável que esta Corte aprecie de maneira colegiada o pleito cautelar aqui apresentado antes dos marcos temporais supracitados”, escreveu.

Do Congresso Em Foco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *