LÍDER DO GOVERNO NEGA QUE VÁ ASSUMIR MINISTÉRIO DA SAÚDE

LÍDER DO GOVERNO NEGA QUE VÁ ASSUMIR MINISTÉRIO DA SAÚDE

O líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), negou à Gazeta do Povo, na tarde desta quarta-feira (30/12) qualquer convite ou articulação para assumir o Ministério da Saúde. Barros tem alegado que, neste momento, tem uma contribuição maior a dar ao governo dentro da Câmara do que na Esplanada dos Ministérios.

Reportagem do site Uol afirmou que Barros poderia substituir o atual ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, logo que a campanha de vacinação contra a Covid-19 começar – o que está previsto para ocorrer entre 20 de janeiro e 10 de fevereiro. A informação foi negada pelo próprio Barros. Ex-ministro da Saúde no governo Michel Temer, o líder do governo na Câmara tem sido constantemente especulado como eventual ministro na reforma ministerial que deve ser promovida por Bolsonaro no início do ano que vem.

Em seu perfil no Twitter, Ricardo Barros fez uma postagem nesta quarta-feira (30/12) prestigiando o trabalho de Pazzuello na pasta:

Fotos: Gustavo Sales/Câmara dos Deputados e Reprodução Twitter

Da Gazeta do Povo com Twitter de Ricardo Barros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *