GOVERNADOR ENTREGA COLÉGIO E ANUNCIA PAVIMENTAÇÃO DE ESTRADA EM PONTA GROSSA

Foto: Ari Dias/AEN

O governador Carlos Massa Ratinho Junior inaugurou, nesta segunda-feira (20/06), as obras do Colégio Estadual Francisco Pires Machado, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais. Paralisada desde 2018 após ser incluída na Operação Quadro Negro, que apontou um esquema de corrupção em obras de escolas, a construção da unidade foi retomada pela atual gestão, em 2019. As informações são da AEN.

Das 14 obras paralisadas pela investigação, 13 já foram entregues pelo Governo do Estado. “Quando assumimos o governo, essas escolas estavam só o esqueleto, porque foram investigadas por corrupção. Colocamos todas elas para rodar e estamos entregando, já há alguns meses, para a sociedade”, disse Ratinho Junior

Durante a solenidade, ele também entregou as obras de ampliação do Colégio Estadual Padre Pedro Grzelczaki. Com investimento de R$ 820 mil, a escola ganhou cinco novas salas de aula de alvenaria, substituindo as antigas salas de madeira, além de duas passarelas, sanitários e melhorias das estruturas elétrica e hidráulica. 

Ratinho Junior ainda liberou R$ 7,3 milhões da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Logística para a pavimentação poliédrica da estrada de Alagados, ligando até a Cachoeira São Jorge. O governador inaugurou, no mesmo ato, a Unidade de Progressão Penal de Ponta Grossa. 

“Todos esses investimentos dão a sensação de conquista. São inúmeras conquistas na área de educação, na transformação da vida das pessoas que cumprem pena e na infraestrutura do município”, destacou a prefeita Elizabeth Schmidt. 

SEDE PRÓPRIA – O Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (Fundepar) destinou R$ 2,3 milhões na construção e mais R$ 130 mil nos reparos elétricos do Colégio Franciscos Pires Machado. A instituição de ensino, que compartilhava a estrutura física com a Escola Municipal Deodoro Quintiliano, ganha agora uma sede própria, com área de 2,8 mil metros quadrados, 16 salas de aula e laboratórios de ciências e de informática.

A escola, localizada no bairro Cará-cará, conta com 15 turmas e atende 409 estudantes dos anos finais do ensino fundamental, em período integral, e do ensino médio.  

Por determinação do governador Ratinho Junior, todas as obras envolvidas na Quadro Negro foram retomadas. Com exceção do Colégio Estadual de Educação Profissional Campo Largo (Região Metropolitana de Curitiba), que está em fase final de conclusão, todas já foram entregues à comunidade. No total, o investimento é de R$ 40,6 milhões entre novas construções e reformas das estruturas já existentes.

“Os casos de corrupção investigados pela Quadro Negro atrasaram a educação do Paraná. Várias escolas que deveriam ter sido criadas em 2014 e 2015 estão saindo somente agora”, destacou o diretor-presidente do Fundepar, Marcelo Pimentel Bueno. “Com a entrega dessas unidades, trazemos a normalidade a essas regiões, que estavam sofrendo com a falta de vagas”. 

INFRAESTRUTURA – A revitalização da Estrada Arichernes Carlos Gobbo compreende um trecho de com 6,5 quilômetros de extensão e 46,2 mil metros quadrados de área. Os serviços incluem pavimentação poliédrica, drenagem, sinalização viária e complementares. 

A obra abrange uma região turística de Ponta Grossa, com atrativos como o cânion e a cachoeira do Rio São Jorge, a Represa de Alagados, a Igreja Santa Bárbara, o Buraco do Padre e toda uma zona rural produtiva da cidade. 

“É uma região importante tanto pela produção da agricultura familiar, como para o turismo, fortalecendo os potenciais turísticos que são uma vocação de Ponta Grossa e geram muitos empregos para a cidade e para o Estado”, ressaltou o governador. “Esta obra faz parte de um grande pacote de investimentos em pavimentação em Ponta Grossa, para levar asfalto para os bairros da cidade, para o distrito industrial e, agora, para fomentar o turismo de Alagados”. 

A prefeita explicou que a população que vive na região espera há mais de 50 anos pela pavimentação da estrada. “O acesso a Alagados é sempre difícil, principalmente nos dias de chuva. O acesso vai facilitar para quem mora no local, para quem planta e precisa escoar a sua safra e para quem faz turismo no local, que é maravilhoso”, completou Elizabeth Schmidt. 

PRESENÇAS – Participaram da solenidade os secretários estaduais de Infraestrutura e Logística, Fernando Furiatti; e de Saúde, Cesar Neves; o deputado federal Sandro Alex; o deputado estadual Rodrigo Estacho; o presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, desembargador José Laurindo de Souza Neto; o diretor-geral do Departamento de Polícia Penal (Deppen), Francisco Alberto Caricati; o vice-prefeito de Ponta Grossa, Saulo Vinicius Hladyszwski; a chefe do Núcleo Regional da Educação, Luciana Aquiles Sleutjes; e demais autoridades do município e da região.

Da AEN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *