FISCALIZAÇÃO DISPERSA 2,2 MIL PESSOAS E FECHA 10 COMÉRCIOS EM CURITIBA

Foto: PMPR

A Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) fechou 10 estabelecimentos comerciais e dispersou mais de 2,2 mil pessoas no final de semana em Curitiba. As ações aconteceram entre a noite de sexta-feira (06/08) e a madrugada de domingo (08/08) em 22 bairros da Capital durante as fiscalizações das medidas de enfrentamento ao coronavírus. As informações são da Agência de Notícias do Paraná.

De acordo com o balanço, as equipes da AIFU abordaram 18 estabelecimentos comerciais e fecharam 10 por estarem em desacordo com as medidas sanitárias de prevenção ao coronavírus. As equipes da prefeitura, que integram a AIFU, aplicaram 33 autuações administrativas.

Apenas na noite de sábado e na madrugada de domingo, quando foram fiscalizados sete locais, a Secretaria Municipal de Urbanismo aplicou R$ 250 mil em multas.

Ao longo do final de semana foram dispersadas 2.278 pessoas que estavam aglomeradas, das quais 21 abordadas e sete detidas. Nos dois dias de fiscalizações, nas abordagens de trânsito, ocorreu a remoção de nove veículos para o pátio e 74 autos de infração de trânsito foram aplicados.

As equipes fiscalizaram estabelecimentos comerciais nos bairros Alto da XV, Batel, Boa Vista, Boqueirão, Cajuru, Centro, Cidade Industrial de Curitiba (CIC), Fazendinha, Hauer, Jardim Botânico, São Francisco, Sítio Cercado, Xaxim, Ahú, Bom Retiro, Rebouças, Jardim Botânico, Bacacheri, Uberaba, Alto Boqueirão, Santa Felicidade e Água Verde.

CASOS – Em uma das situações, na sexta-feira (6), no bairro Hauer, as equipes abordaram um bar onde havia cerca de 250 pessoas aglomeradas. A Secretaria Municipal de Urbanismo aplicou uma multa de R$ 50 mil e a de Meio Ambiente no valor de R$ 5 mil. O proprietário foi encaminhado para a assinatura do Termo Circunstanciado, além de um homem por porte/uso de drogas.

No mesmo dia, outro estabelecimento, no Centro da cidade, também foi fechado, pois no interior havia 230 pessoas que não respeitavam o distanciamento. Ainda segundo o balanço, o estabelecimento já é reincidente e a Secretaria Municipal de Urbanismo aplicou uma multa de R$ 50 mil.

Da Agência de Notícias do Paraná.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *