DEPUTADOS VÃO INVESTIGAR FERRY-BOAT DA BAÍA DE GUARATUBA

Foto: Dálie Felberg/Alep

Pelo menos 14 deputados da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) assinaram um pedido de Comissão Especial para investigar o contrato firmado entre o Governo do Paraná e a empresa BR Travessias, que administra o ferry boat, na baía de Guaratuba, no litoral do Paraná. As informações são do portal Ric Mais.

O autor do pedido, Michele Caputo (PSDB), disse que, pelo regime interno da Casa, com essa quantidade de assinaturas, já é possível dar andamento ao pedido de instalação da comissão. A expectativa é de que o pedido comece a ser analisado na segunda-feira (07/02).

Os relatos de problemas nos equipamentos e estruturas do ferry boat vêm acontecendo há algum tempo e são inúmeros. Na noite de segunda-feira (31/01), um flutuante da empresa afundou. Antes, no dia 10 de janeiro, uma balsa ficou à deriva por falha mecânica. E, no feriado do final de ano, os motoristas chegaram a esperar mais de três horas na fila para conseguir atravessar a baía.

A BR Travessias assumiu a administração do ferry boat em abril de 2021. Na mesma época, a tarifa para utilizar as balsas ficou 20% mais cara e, no mesmo mês, usuários começaram a reclamar dos transtornos e das filas quilométricas diárias.

Depois dos relatos, a Agência Reguladora do Paraná (Agepar) solicitou informações ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e, desde então, a situação vem sendo acompanhada. Contudo, as reclamações só aumentaram.

Conforme Caputo, caso a comissão constate a existência de irregularidades, os deputados vão pedir o cancelamento do contrato atual e pedir a realização de um novo processo.

Nessa quarta-feira (02/02), o governador do Paraná, Ratinho Júnior (PSD), disse que não há perspectiva para rescisão do contrato com a BR travessias. Ele também disse que que o DER deve apresentar um levantamento após o verão, e em seguida, autuar a concessionária com multas.

Do Ric Mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *