COPOM AUMENTA TAXA BÁSICA DE JUROS DE 3,5% PARA 4,25% AO ANO

Foto: Agência Brasil

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu nesta quarta-feira (16/06) elevar a taxa básica de juros da economia, a Selic, de 3,5% para 4,25% ao ano. O objetivo é conter a pressão inflacionária. É a terceira elevação consecutiva da taxa. As informações são de Alexandro Martello e Jéssica Sant’Ana, do G1.

A decisão já era esperada pela maior parte dos analistas do mercado financeiro, que previa aumento de 0,75 ponto percentual da Selic. Uma outra parte chegou a estimar elevação maior, de um ponto, para 4,5%.

Este foi o terceiro aumento da Selic em 2021. Em março, quando o Copom decidiu elevar a taxa pela primeira vez em quase seis anos, a Selic passou de 2% para 2,75% ao ano. Em maio, subiu de novo, para 3,5% ao ano.

Os economistas avaliam que o aumento da taxa continuará neste ano. A previsão é que a Selic termine 2021 em 6,25% ao ano, segundo pesquisa do Banco Central com mais de 100 instituições financeiras.

A inflação registrada em maio foi a maior em 25 anos. No comunicado sobre a decisão desta quarta-feira, o Copom afirmou que a pressão inflacionária está maior que o esperado, sobretudo em relação aos bens industriais, e que o risco de crise energética contribui para manter a expectativa de inflação elevada no curto prazo.

“O comitê segue atento à evolução desses choques e seus potenciais efeitos secundários, assim como ao comportamento dos preços de serviços conforme os efeitos da vacinação sobre a economia se tornam mais significativos”, diz em nota.

O Copom ressaltou que, no cenário “básico”, permanecem fatores que podem reduzir a inflação, como o recente aumento preços das commodities.

Do G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *