“CANCELAMENTO DA CONCESSÃO DA BR-381 POR FALTA DE INTERESSADOS É MAIS UM ALERTA AO PARANÁ”, AFIRMA ROMANELLI

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) disse, nesta sexta-feira (18/02), que o cancelamento do leilão da rodovia BR-381, em Minas Gerais, por falta de interessados, acende mais um alerta em relação ao novo programa de concessões elaborado pelo Governo Federal. “O fato concreto é que o Brasil está atravessando uma grave crise de confiança. Os investidores não confiam na atual política econômica e o resultado é esse: frustração”, pontuou. As informações são da Assembleia Legislativa do Paraná.

Romanelli afirmou que essa falta de confiança e a ausência de novos concorrentes nas concessões rodoviárias realizadas pelo Governo Federal podem criar o cenário para concentração na licitação dos novos pedágios no Paraná. “Meu medo é que fiquemos concentrados em apenas em duas empresas, a CCR e EcoRodovias. Duas empresas que não cumprem os contratos, cobram tarifas de pedágio elevadas, sabem fazer aditivos e buscar reequilíbrio dos contratos; mas que não realizam as obras”.

BR-381

O cancelamento da licitação da BR-381, que liga Minas Gerais e o Espírito Santo, conhecida como Rodovia da Morte, foi anunciado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) a pedido do Ministério da Infraestrutura. A pasta detectou que nenhuma empresa apresentaria proposta. “Fica o alerta da frustração do leilão da BR-381. O Ministério da Infraestrutura tem muito a explicar ao Brasil”, reafirmou Romanelli.

Da Assembleia Legislativa do Paraná.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *