VICE DE GRECA SE FILIA AO PSD; PARTIDO GARANTE QUE LEPREVOST SEGUE PRÉ-CANDIDATO

VICE DE GRECA SE FILIA AO PSD; PARTIDO GARANTE QUE LEPREVOST SEGUE PRÉ-CANDIDATO

O vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel, se filiou nesta quinta-feira (02/04) ao PSD, partido do governador Ratinho Júnior. A entrada dele no partido é apontada como estratégia para levar o PSD a apoiar a reeleição do atual prefeito Rafael Greca (DEM). Por essa estratégia, o PSD deixaria de ter candidato próprio à prefeitura, mantendo Pimentel na chapa de Greca. 

No sábado (04), termina o prazo para a filiação partidária de quem pretende disputar as eleições deste ano. Pimentel deixou o PSDB – partido pelo qual se elegeu vice-prefeito em 2016 – no início do mês. 

Em nota divulgada por sua assessoria, Pimentel afirmou que a entrada dele no partido aproxima, ainda mais, o governo estadual e a prefeitura de Curitiba. “Nossa proposta é reforçar o diálogo e as parcerias, principalmente, neste período que uma grave pandemia atinge nossa população. Mais do que nunca precisamos de muito trabalho,união, entendimento e integração entre os governantes”, afirmou.

Segundo a nota, a entrada do vice de Greca no partido foi avalizada pelos principais integrantes do PSD Paraná. A filiação teve a presença do deputado federal Sandro Alex, o ex-deputado federal Eduardo Sciarra, os secretários estaduais Marcio Nunes (Desenvolvimento Sustentável e do Turismo), João Carlos Ortega (Desenvolvimento Urbano) e Norberto Ortigara (Agricultura). A entrada de Pimentel no partido tem ainda o apoio o vice-governador Darci Piana e do deputado estadual e líder do governo na Assembleia Legislativa Hussein Bakri, de acordo com a nota. 

Os aliados do secretário de Estado da Justiça, Família e Trabalho, deputado federal licenciado Ney Leprevost (PSD), garantem, porém, que a pré-candidatura dele continua de pé. E que a entrada de Pimentel não muda a disposição da legenda de ter candidato próprio à prefeitura da Capital nas eleições de outubro. 

Documento assinado pela direção municipal do PSD no último dia 27 autoriza a filiação de Pimentel à legenda “desde que a referida filiação não implique em qualquer deliberação futura impeditiva da candidatura própria do PSD à Prefeitura de Curitiba, do deputado federal licenciado e Secretário de Estado da Justiça, Cidadania e Trabalho, Ney Lperevost, reconhecida pela Comissão Executiva Municipal como pré-candidato à Prefeitura da Capital”. O documento também preê que “em qualquer hipótese diferente da elencada acima, fica o PSD Curitiba responsável de tomar decisão, medidante convenção em que seja possibilitada a participação, através de voto, de todos seus filiados de forma democrática e transparente”. 

Segundo os aliados de Leprevost, com a troca de legenda Pimentel não poderia mais ser novamente candidato a vice de Greca, tendo que se contentar em “se conseguir, ser vice de Ney ou ser candidato a deputado na eleição de 2022”. 

Do Bem Paraná

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *