ULISSES MAIA TOMA POSSE PARA SEGUNDO MANDATO EM MARINGÁ

ULISSES MAIA TOMA POSSE PARA SEGUNDO MANDATO EM MARINGÁ

Ulisses Maia tomou posse para o segundo mandato como prefeito de Maringá, na tarde desta sexta-feira (1º/01). A cerimônia foi na Câmara Municipal após a posse dos vereadores. Em tom otimista, o prefeito discursou citando as vantagens da nova Secretaria de Inovação, Aceleração Econômica, Turismo e Comunicação. Em entrevista, o prefeito explicou por que trocou o secretário de Saúde. As informações são de Luciana Peña, da CBN Maringá.

Foi uma cerimônia rápida. O presidente da Câmara de Maringá, Mário Hossokawa, recém-eleito para a presidência do Legislativo, deu posse ao prefeito Ulisses Maia, e ao vice-prefeito Edson Scabora, para mais quatro anos de mandato.

Na plateia, familiares do prefeito e do vice. Apenas dois secretários municipais estavam presentes: o secretário de Governo Hércules Kotsifas, que é irmão do prefeito, e a secretária de Assistência Social Sandra Regina Jacovós, mulher do deputado estadual delegado Jacovós, que também estava presente, e que, como parlamentar, ocupava um dos lugares reservados aos convidados da mesa diretora.

Em discurso, o prefeito citou a família, se emocionou e disse que este ano será o ano de retomada da economia, e para isso, a recém-criada Secretaria de Inovação, Aceleração Econômica, Turismo e Comunicação, será estratégica.

“Vamos fechar com superávit de R$ 250 milhões aproximadamente. desses, R$ 100 milhões em recursos livres que vamos destinar para o atendimento à saúde e para um programa de fortalecimento às empresas que estão em dificuldade, para garantir a recuperação das empresas através da secretaria”, disse.

Mudanças na administração
Em coletiva de imprensa, o prefeito também comentou as mudanças no secretariado. Explicou por que deu um cargo ao irmão, Hércules Kotsifas e por que trocou o secretário de Saúde Jair Biatto.

“Ele tinha sido convidado para um mandato, esse era o compromisso que ele tinha com a nossa gestão. Ele tem outros compromissos profissionais. E há de se considerar que quatro anos como secretário de saúde em meio a uma pandemia, é momento de desgaste muito grande. Estamos trazendo um outro profissional, para oxigenar um pouco a equipe e para que possamos continuar enfrentando a pandemia”, explicou.

Em entrevista a CBN Maringá, o prefeito considerou a gestão de Biatto como técnica e sem nenhuma reclamação. “Priorizamos sempre decisões técnicas desde o primeiro dia em relação a pandemia. E a secretaria conseguiu garantir que nenhum maringaense ficasse sem atendimento médico. Foi uma ótima gestão.

Sobre escolher o irmão para integrar a equipe de gestão, Maia explicou que ele já contribuía com a administração. “Ele era auditor da Receita Federal e nas horas vagas sempre contribuindo de forma voluntária, como conselheiro. Assim que ele concluiu a aposentadoria pela Receita Federal, ficou em condição de ir para a equipe. Ele tem um relacionamento com todos os membros e isso vai provocar uma aceleração maior nas decisões”, disse.

Legislativo
O prefeito Ulisses Maia também comentou a eleição de Mário Hossokawa para a presidência da Casa. Teoricamente, para o Executivo o ideal seria a eleição de Flávio Mantovani, da Rede, que é aliado do PSD de Ulisses. Hossokawa é do Progressistas.

“Já era esperado. Mário conduziu a liderança da Câmara nos últimos quatro anos de forma tranquila e harmônica. Acredito que a conduta do presidente será de respeito mútuo entre Executivo e Legislativo. Claro que o vereador Mantovani era da nossa coligação, mas neste momento não está em discussão questões eleitorais e partidárias”, disse.

Na semana que vem, o prefeito Ulisses Maia deve anunciar o restante do secretariado.

 Foto: Luciana Peña/CBN Maringá

Da CBN Maringá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *