‘SHEIK DOS BITCOINS’ É PRESO EM OPERAÇÃO DA PF, EM CURITIBA

Foto: Reprodução redes sociais

A Polícia Federal (PF) cumpriu na manhã desta quinta-feira (03/11), um mandado de prisão preventiva e dois mandados de busca e apreensão em decorrência de aprofundamentos da Operação Poyais. O alvo da operação, que apura a prática de crimes contra a economia popular, por meio de fraudes com criptomoedas, é o empresário Francisley Valdevino da Silva, conhecido como ‘Sheik dos Bitcoins’. O suspeito foi detido após ordens expedidas pela 23ª Vara Federal de Curitiba. As informações são de Guilherme Becker, do portal Ric Mais.

A investigação apurou, após a deflagração da Operação Poyais em outubro deste ano, que o responsável pela organização criminosa suspeita da prática no Brasil e no exterior de fraudes com criptoativos descumpriu medidas cautelares diversas da prisão impostas pela Justiça Federal. Dentre as restrições, o investigado não poderia continuar a administrar as empresas e tampouco praticar atos de gestão no interesse de seu grupo econômico.

A partir de diligências policiais, foi possível identificar que o investigado, dias após a deflagração da operação policial, passou a realizar encontros frequentes com funcionários em uma residência, em Curitiba. Uma das empregadas é a gerente financeira do grupo, ao passo que outro empregado identificado é o responsável pelo designer gráfico das plataformas virtuais criadas pelo investigado para prática das fraudes.

Além do descumprimento das medidas cautelares, os quais eram suficientes para a expedição do decreto de prisão, a constatação dos encontros frequentes do investigado com empregado responsável pelo designer gráfico das plataformas virtuais demonstrou que a organização criminosa continuava ativa e promovendo atos criminosos.

Do Ric Mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *