SENADO APROVA QUEBRA TEMPORÁRIA DE PATENTES DE VACINAS E MEDICAMENTOS

Plenário do Senado Federal – Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

O Senado aprovou nesta quarta-feira (11/08) o projeto de lei que permite a quebra temporária de patentes para a produção de medicamentos e vacinas em casos de emergência nacional ou internacional em saúde, caso da pandemia de Covid-19. Foram 61 votos a favor e 13 contra, o texto agora vai para a sanção do presidente Jair Bolsonaro. A informação foi divulgada pela Folha de S. Paulo.

A nova regra altera a Lei de Propriedade Industrial e autoriza o governo a publicar uma lista de patentes ou de pedidos de patente de produtos necessários ao combate de situações de crise sanitária. O proprietário da patente deverá fornecer informações necessárias para reproduzir o medicamento. A remuneração dos donos da tecnologia serão determinadas a partir da análise de cada caso.

A nova regra autoriza o Congresso a criar leis para conceder a licença compulsória de patentes ou de pedidos de patente das tecnologias durante estado de calamidade pública. O PL 12/2021, de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS), já tinha sido aprovado pela Casa, mas passou por alterações na Câmara dos Deputados e, por isso, precisou passar por nova votação dos senadores.

Da Gazeta do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *