SALLES PEDE DESCULPAS APÓS APELIDAR RAMOS DE “MARIA FOFOCA”: “PONTO FINAL”

SALLES PEDE DESCULPAS APÓS APELIDAR RAMOS DE “MARIA FOFOCA”: “PONTO FINAL”

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, informou neste domingo (25/10), pelo Twitter, que pediu desculpas ao ministro da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos, depois de protagonizar desentendimentos públicos com o colega de Esplanada. Salles chegou a chamar o militar de “maria fofoca”. As informações são de Caio Barbieri, do Metrópoles.

“Conversei com o ministro Luiz Ramos, apresentei minhas desculpas pelo excesso e colocamos um ponto final disso. Estamos juntos no governo, pelo presidente Bolsonaro e pelo Brasil. Bom domingo a todos”, escreveu o ex-integrante do Partido Novo.

No sábado (24/10), o ministro já tinha dado sinais de que não levaria a troca de farpas adiante quando viu as reações do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), a favor de Ramos. Maia chegou a dizer que “o ministro Ricardo Salles, não satisfeito em destruir o meio ambiente do Brasil, agora resolveu destruir o próprio governo”.

Assunto encerrado
“Para mim, este assunto está encerrado”, disse Salles, ao ser questionado sobre as declarações das duas lideranças do Congresso. Neste domingo, Ramos andou de moto com Bolsonaro e também negou qualquer atrito com o colega.

As diferenças entre os dois ministros foram testemunhadas publicamente nos últimos dias. Ramos contou com o respaldo de membros do Centrão e da ala militar. Já Salles teve apoio da chamada ala ideológica do governo e do próprio filho do presidente e deputado federal, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

Salles desconfia que Ramos estaria atuando nos bastidores para derrubá-lo do cargo. Após um encontro com os dois aliados, o chefe do Executivo atuou para pôr panos quentes nos desentendimentos.

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Do Metrópoles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *