REQUIÃO COBRA DELEGADA POR MORTE DE EX-REITOR PRESO INJUSTAMENTE

REQUIÃO COBRA DELEGADA POR MORTE DE EX-REITOR PRESO INJUSTAMENTE

Logo após a aprovação da Lei de Abuso de Autoridade na Câmara Federal, nesta quarta-feira (14), o ex-governador e ex-senador Roberto Requião disse, em sua conta do Twitter, que o artigo que proíbe a coerção coercitiva sem prévia intimação, que passará a ser Lei, teria evitado a morte do ex-reitor da UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina, Luiz Carlos Cancellier de Olavo. O ex-reitor era conhecido como “Cau”.

Olavo foi afastado do cargo de reitor e preso pela operação Lava Jato. Se sentiu humilhado injustamente e entrou em depressão. Após 18 dias, suicidou-se. Ao final da ação, foi considerado inocente e, portanto, absolvido das acusações.

Se dirigindo a Erika Marena (foto), delegada responsável pelo caso, Requião cobra: “E agora, Erika? Quem nos devolverá o Cau?”

A Lei Abuso de Autoridade será chamada de “Lei Cancellier” em homenagem ao ex-reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo.

Foto: Metro1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *