RELATOR VOTA PELO ARQUIVAMENTO DE REPRESENTAÇÃO CONTRA BARROS NO CONSELHO DE ÉTICA

Foto: Reila Maria/Câmara dos Deputados

O relator Cezinha de Madureira (PSD/SP) votou pelo arquivamento da representação contra o deputado Ricardo Barros (PP/PR) no Conselho de Ética. O relatório preliminar foi apresentado na sessão desta quarta-feira (03/11) na Câmara dos Deputados.

Segundo Cezinha, não há provas e nem evidências de quebra de decoro parlamentar por parte de Ricardo Barros no caso da negociação da vacina Covaxin. “Conclui-se pela inaptidão e pela falta de justa causa da representação, devendo, pois, se arquivada a representação 11/2021″, aponta a conclusão do relatório.

Presente na sessão, o deputado Ricardo Barros reafirmou que todas os depoentes ouvidos na CPI da Pandemia negaram a sua participação na negociação das vacinas. “As quebras de sigilos minhas e das minhas empresas não geraram nenhuma linha no relatório final da CPI porque não há nenhuma conexão minha com os fatos narrados”, disse.

Os deputados Hiran Gonçalves (PP/RR) e Ivan Valente (PSOL/SP) solicitaram vistas. A votação do relatório deve ocorrer na próxima reunião do Conselho Ética.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *