RELATOR NÃO DEVE PROPOR ALTERAÇÕES PARA ACELERAR PREVIDÊNCIA

RELATOR NÃO DEVE PROPOR ALTERAÇÕES PARA ACELERAR PREVIDÊNCIA

Aprovada na Câmara dos Deputados, a PEC 6/2019, que trata da reforma da previdência, já está no Senado Federal. E o que se fala nos bastidores do Congresso Nacional é que passará de forma muito mais célere na segunda casa (Senado).

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) é o relator escolhido na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado (CCJ). E deve apresentar seu relatório pela admissão da proposta que veio da Câmara no dia 28 de agosto. Sem quaisquer alterações.

Muito embora estejam sendo discutidas alterações na proposta que veio da Câmara, estas, se ocorrerem, se darão em PEC paralela. Isto é: será proposta uma nova emenda à Constituição Federal para alterar pontos da PEC 6/2019.

E a razão disso é acelerar a promulgação da emenda, o que deve acontecer no mês de outubro deste ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *