RATINHO JR DEFENDE ISOLAMENTO SOCIAL, MAS EVITA CONFRONTO COM BOLSONARO

RATINHO JR DEFENDE ISOLAMENTO SOCIAL, MAS EVITA CONFRONTO COM BOLSONARO

Em entrevista à CNN Brasil nesta quarta-feira (29/04), o governador do Paraná Ratinho Júnior (PSD) evitou confrontar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que criticou as medidas restritivas à circulação de pessoas tomadas pelos estados contra o coronavírus, mas voltou a defender o isolamento social como estratégia de combate à pandemia.

Ratinho Jr também voltou a ‘afagar’ o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, afirmando que ele tem todas as condições de se candidatar à Presidência, mas não quis comentar as acusações trocadas entre o ex-juiz e o presidente sobre a suposta tentativa de interferência de Bolsonaro na Polícia Federal.

Sobre Bolsonaro, que afirmou que “quem tomou todas as medidas restritivas foram os governadores e os prefeitos”, Ratinho Jr reafirmou que “não tem tempo a perder com discussões políticas”. “Todo mundo sabe que eu tenho um bom alinhamento com o presidente. Temos visões diferentes nesse momento de pandemia. Nós entendemos que o isolamento social é importante”, alegou.

“É muito difícil julgar o relacionamento de um chefe do Executivo com seu secretariado, ou com seus ministros. Isso é uma relação muito pessoal da dinâmica do dia a dia, do trabalho. Essa relação de profissional acaba tendo visões diferentes”, disse Ratinho Jr, sobre a demissão de Moro por Bolsonaro. “Sobre a questão dessa discussão entre o presidente e o ex-ministro Sergio Moro é muito difícil fazer qualquer tipo de julgamento porque tem aí duas versões de narrativa”, afirmou o paranaense. “Cabe aos órgãos de fiscalização fazer levantamento e tirar conclusões”, considerou ele.

“O ex-ministro Sergio Moro é um paranaense do qual temos muito orgulho. Ele expôs as vísceras da corrupção. Obviamente com a popularidade que ele tem é uma pessoa que se entender que pode ser candidato a presidente tem muita viabilidade”, avaliou.

Foto: Reprodução

Do Bem Paraná

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *