PROCESSO CONTRA DELTAN NO CNMP AVANÇA COM DEPOIMENTO DE RENAN

PROCESSO CONTRA DELTAN NO CNMP AVANÇA COM DEPOIMENTO DE RENAN

Nessa guerra da PGR com a Lava-Jato em Curitiba, voltou a ganhar tração o processo administrativo disciplinar aberto pelo CNMP contra o chefe da força-tarefa curitibana, Deltan Dallagnol. As informações são de Robson Bonin, do Radar da Veja.

O processo foi aberto em dezembro de 2019, a partir de uma reclamação apresentada pelo senador Renan Calheiro (MDB-AL), que acusou Deltan de ter atuado politicamente nas redes para prejudicar sua candidatura à presidência do Senado.

O senador alagoano prestará depoimento formal no processo contra Deltan na próxima sexta-feira. Os procuradores do órgão irão a Maceió para colher o relato de Calheiros.

Em janeiro, em uma série de posts em sua conta no Twitter, Dallagnol se posicionou contra a eleição de Renan para a presidência do Senado. Na ocasião, o procurador escreveu, por exemplo, que, caso o emedebista fosse eleito, “dificilmente veremos uma reforma contra corrupção aprovada”.

Nos posts, o procurador pediu ainda a seus seguidores que fizessem campanha pelo voto aberto, o que poderia constranger senadores a não votarem em Renan.

Ao final, após uma longa e conturbada sessão, em fevereiro, a votação acabou sendo fechada, e o parlamentar alagoano perdeu a eleição para o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP). Abaixo, uma das postagens juntadas pelo senador na representação contra o procurador da Lava-Jato.

Foto: Eduardo Matysiak/Futura Press

Da Veja

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *