PREFEITOS DA RMC DISCUTEM COMBATE AO CORONAVÍRUS

PREFEITOS DA RMC DISCUTEM COMBATE AO CORONAVÍRUS

Diante do avanço do novo coronavírus, prefeitos da Região Metropolitana se reuniram por videoconferência para debater as medidas para conter a doença. Na última semana, o governo do Paraná também emitiu um decreto que criou restrições aos municípios da RMC. As informações são de Eloá Cruz, da Tribuna do Paraná.

“Imagina colocar 28 municípios numa tela de televisão, com direito a fala e voto, para criar um documento único, para que Grande Curitiba se tornasse uma cidade única? Não foi tarefa fácil”, afirmou o prefeito de Fazenda Rio Grande Márcio Wozniak, presidente da Associação dos Municípios Metropolitanos (Assomec).

Para Wozniak, essa união é histórica. “Tanto a Sesa [Secretaria da Saúde do Paraná] como a prefeitura de Curitiba estão nos apoiando. E se o governo estadual precisar de medidas mais duras, por causa do aumento dos casos, vai poder contar com os prefeitos”.

Entre as regras prevista no decreto estadual para a RMC, está a determinação de que atividades não comerciais só podem funcionar das 10 às 16 horas, os shoppings só podem abrir das 12 às 20 horas (com proibição de abertura aos fins de semana) e proibição na venda de bebidas alcóolicas depois das 22h, além de dar autonomia para cada cidade punir os infratores que não respeitarem as regras.

O decreto entrou em vigor no dia 20 de junho. “Durante um tempo, shopping não abriu em Curitiba, mas abriu na região metropolitana, e isso não deu certo. As pessoas começaram a migrar de uma cidade para outra no fim de semana”, disse Wozniak.

Possibilidade de punição
Os municípios e o governo criaram restrições, mas ainda nem todos têm colaborado. “O que tem acontecido é que uma parcela não tem levado o distanciamento social a sério. Recebi fotografias de jovens e adultos jogando futebol em quadra de grama sintética. Então peço aos pais da garotada, ajudem a cuidar dos jovens nesse momento”, pede o prefeito Wozniak.

Como ainda nem todo mundo entendeu o recado da importância do distanciamento social, a fiscalização nos municípios vai ser intensificada. “Temos discutido propostas de punição aos infratores. Ainda não tem uma legislação, tem que aprovar uma regra específica de punição. O prefeito de Campo Magro deu exemplo, com uma lei municipal em que consegue autuar com valores. Infelizmente, só vão aprender quando sentir no bolso”, alerta ele.

A força do coletivo
Para o médico infectologista do laboratório Frischmann, David Urbaez, é de extrema importância que a população entenda a gravidade do problema caso o isolamento social não seja levado a sério. “Enquanto não tiver vacina, o controle será pelo distanciamento social. E esse distanciamento é suprimir ao máximo a movimentação de pessoas, com suspensão de atividades comerciais, diminuição do fluxo do transporte coletivo. Se a circulação de pessoas cair drasticamente, quebra a cadeia de transmissão”, detalha o médico.

Segundo ele, as restrições municipais são as únicas maneiras de controlar o vírus, que é altamente transmissível. E por que as pessoas ainda não entenderam o recado? Para o infectologista, a sensibilização fica difícil porque não se vê a catástrofe. “Quando tem um terremoto, se vê os prédios derrubados. Enquanto o coronavírus, que tem o mesmo calibre de catástrofe, as pessoas não enxergam o caos. É uma questão difícil, as pessoas têm uma enorme resistência”, compara o infectologista Urbaez.

Enquanto não há vacina para a doença, a melhor maneira de controlar a covid-19 é seguir as medidas sanitárias.

Confira as principais medidas de cada cidade da RMC:

Pinhais
Fechamento total de todas as atividades comerciais aos domingos, exceto postos de combustíveis, farmácias, hospitais e outros de demanda essencial. Fica proibido soltar pipas no município. O infrator pode ser penalizado civil ou criminalmente.

Colombo
O funcionamento de supermercados, mercados, mercearias e açougues estão autorizados de segunda a sábado, das 8 às 21 horas, com fechamento aos domingos.

Almirante Tamandaré
Restrição do funcionamento do comércio em geral, com fechamento aos finais de semana. Supermercados, mercados, mercearias e açougues poderão funcionar de segunda a sábado, das 10 às 21 horas, sendo proibidos de abrir aos domingos.

Campo Magro

Fechamento do comércio aos domingos, com exceção do serviços essenciais. Todas as empresas com mais de dez trabalhadores em um mesmo endereço, assim como igrejas e templos, devem criar uma comissão de prevenção da covid-19.

Campo Largo
Município decretou alerta laranja para a covid-19, com restrições de horários para comércio em geral. Nos espaços públicos e comerciais, é obrigatório respeitar o limite de até 50% da capacidade.

Araucária
A prefeitura de Araucária também restringiu horários de funcionamento do comércio e restaurantes. Supermercados, mercados, mercearias e açougues também fecham aos domingos.

Fazenda Rio Grande
A prefeitura restringiu o horário do comércio e também proibiu a venda de bebida alcoólica após as 22 horas durante todos os dias, com exceção aos domingos, em que a venda é proibida durante o dia todo.

Piraquara
O município restringiu horários para o funcionamento de comércio e similares e proibiu o consumo de alimentos no interior de panificadoras, padarias e lojas de conveniência. Fica proibida a comercialização de bebidas alcoólicas após as 20 horas, inclusive por sistema de entrega.

São José dos Pinhais
A cidade também decretou horários específicos para o funcionamento do comércio e proibiu a abertura de salões de beleza, barbearias e similares aos sábados e domingos. As feiras livres foram proibidas aos fins de semana. Restaurantes só poderão funcionar com sistema de entrega aos sábados e domingos, e até as 22 horas.

Campina Grande do Sul
O município decretou horários para o comércio e serviços. As farmácias, drogarias, postos de combustíveis, panificadoras e estabelecimentos similares não sofrerão alterações no seu horário de funcionamento.

Foto: reprodução

Da Tribuna do Paraná

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *