PARANÁ TEM UM DOS PIORES ÍNDICES DE ISOLAMENTO SOCIAL DO PAÍS, MOSTRA PESQUISA

PARANÁ TEM UM DOS PIORES ÍNDICES DE ISOLAMENTO SOCIAL DO PAÍS, MOSTRA PESQUISA

Uma pesquisa feita pela empresa In Loco, que usa como base de dados a localização dos celulares, mostra que o Paraná apresenta um dos piores índices de isolamento social dentre todas as unidades da federação brasileira. As informações são do Bem Paraná.

No estado, mostra o estudo, apenas 39,65% dos paranaenses estão em isolamento social, conforme dados do dia 9 de maio (sábado). Em todo o Brasil, apenas os estados de Goiás (37,44%), Mato Grosso (38,03%), Mato Grosso do Sul (38,69%), Tocantins (38,77%) e Rio Grande do Norte (39,57%) apresentavam índices mais baixos que o paranaense.

Na última quinta-feira, inclusive, uma reportagem publicada pelo Bem Paraná mostrou que nenhum dos municípios paranaenses apresentava índice de isolamento social considerado adequado para controlar a disseminação da Covid-19, de 70%. O município com o melhor índice é Ariranha do Ivaí, com 66,7%, enquanto a cidade Fênix tinha o menor índice de isolamento social, com 22,92%. Em Curitiba, o índice era de 44% na última quarta-feira.

Pelo Brasil, alguns estados, como o Ceará e o Maranhão, já adotaram o lockdowns, que é uma espécie de agravamento das medidas de isolamento social. Na região Sudeste, São Paulo e Rio de Janeiro já cogitam também endurecer as medidas para obrigar as pessoas a ficar em casa. No Paraná, entretanto, ainda não há indicativos nesse sentido. Em Curitiba, por um exemplo, a secretária municipal de Saúde, Márcia Huçulak, chegou a falar durante a última semana em novas medidas para fazer com que a população idosa fique em casa. No dia seguinte, porém, o prefeito Rafael Greca tratou de descartar a possibilidade de adoção do lockdown – ao menos por enquanto, claro.

Foto: Franklin de Freitas

Do Bem Paraná

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *