PARANÁ REGISTRA 148 MORTES POR DENGUE E MAIS DE 212 MIL CASOS CONFIRMADOS

PARANÁ REGISTRA 148 MORTES POR DENGUE E MAIS DE 212 MIL CASOS CONFIRMADOS

O Paraná registra 148 mortes e 212.074 casos confirmados de dengue desde julho de 2019, quando teve início o atual período epidemiológico. Os dados constam no boletim quinzenal da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), divulgado nesta terça-feira (16/06).

No comparativo com o relatório anterior, o estado teve aumento de 13.084 casos e nove óbitos causados pela doença, segundo a Sesa. Veja abaixo onde ocorreram as mortes:

  • Ibiporã: duas idosas, de 67 e 78 anos, que tinham hipertensão e diabetes;
  • Marilena: mulher de 25 anos com síndrome de Down;
  • Cascavel: idosa de 66 anos com hipertensão e doença crônica no fígado;
  • Sarandi: idosa de 87 anos com hipertensão;
  • Londrina: idosa de 71 anos com hipertensão;
  • Sertanópolis: idosa de 68 anos sem doenças associadas;
  • Jacarezinho: idosa de 64 anos sem doenças associadas;
  • Paranavaí: idoso de 70 anos com hipertensão, diabetes e insuficiência cardíaca congestiva.

O período sazonal da dengue será finalizado em julho, mas a curva epidêmica apresenta tendência de queda desde maio em mais de 170 municípios, conforme a Vigilância Ambiental da secretaria.

Mesmo assim, a quantidade de cidades em situação de epidemia aumentou de 237 para 240. Já os municípios em situação de alerta, caíram de 33 para 31.

Os cuidados de prevenção e controle da dengue devem ser mantidos pela população mesmo diante da pandemia da Covid-19 e da chegada do inverno, de acordo com a Sesa.

“Os cuidados de higiene redobrados devem se estender para todos os ambientes domésticos, de trabalho e de circulação. É preciso acabar com todos os pontos que acumulem água e que podem servir de criadouros”, diz o secretário de Saúde, Beto Preto.

Foto: Getty Images

Do G1 Paraná

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *