PARANÁ ESTÁ ACIMA DA MÉDIA NACIONAL EM UTIS PARA PACIENTES COM CORONAVÍRUS

PARANÁ ESTÁ ACIMA DA MÉDIA NACIONAL EM UTIS PARA PACIENTES COM CORONAVÍRUS

O Paraná está acima da média nacional em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para receber pacientes com coronavírus. No caso, as UTis precisam ter equipamento de respiração por ventilação mecânica. É o que dizem dados do Conselho Federal de Medicina (CFM) de 2018, último ano com dados disponíveis. O cenário vale tanto para UTIs do Sistema Único de Saúde (SUS) quanto para as particulares.

No SUS, a proporção de UTIs do Paraná é a maior do País, com 1,54 leitos para cada 10 mil habitantes. A média brasileira é de 1,04. E apenas nove unidades da federação, entre estados e o Distrito Federal, têm média superior a 1.

No caso dos leitos particulares, a proporção no Paraná é de 3,93 leitos para cada 10 mil habitantes. Somando-se SUS e particulares, a média paranaense é de 2,52 leitos por 10 mil habitantes – fica atrás de Rio de Janeiro (3,79), Distrito Federal (3,39), Espírito Santo (2,72), São Paulo (2,63) e Mato Grosso (2,62). A média brasileira, somando leitos públicos e privados, é de 2,1.

Segundo dados da Associação de Medicina Intensiva Brasileira, a demanda nos epicentros mundiais de epidemia do coronavírus é de 2,4 leitos de UTI por 10 mil habitantes. Nos casos mais graves da contaminação, os países indicam que cada paciente fica internado em UTI num período entre 14 e 21 dias.

No Brasil, 75% dos pacientes de UTI usam o SUS e apenas 25% têm plano de saúde.

Foto: Agência Brasil

Do Bem Paraná

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *