PARANÁ ATINGE 5,4 MIL MORTES POR COVID-19 E 218.987 CASOS CONFIRMADOS

PARANÁ ATINGE 5,4 MIL MORTES POR COVID-19 E 218.987 CASOS CONFIRMADOS

O Paraná atingiu neste domingo (08/11) a marca de 5.401 mortes causadas pela Covid-19, de acordo com o boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), divulgado às 21h. O estado registra 218.987 casos confirmados do novo coronavírus.

Em relação ao sábado (07/11), houve aumento de 792 diagnósticos e de 90 óbitos. No boletim deste domingo foram incluídas 60 mortes ocorridas em Curitiba, entre 9 de agosto e 2 de novembro, que estavam fora do sistema.

A não inclusão dos registros de mortes em Curitiba foi informada pela Sesa na quinta-feira (05/11). Naquele dia, a prefeitura informou que estava verificando a situação apontada pela secretaria estadual.

Segundo o boletim, 167.528 se recuperaram da doença no Paraná. Isso representa 77% do total de confirmações.

Além dos registros de moradores do estado, o monitoramento da Sesa soma outros 2.281 casos de residentes de fora diagnosticados no Paraná. Dessas pessoas, 51 morreram.

Os laboratórios das redes pública e particular de saúde realizaram 871.320 testes pelos critérios RT-PCR no estado, de acordo com a secretaria. Há 7.031 aguardando resultado.

Novas mortes
Das 30 mortes confirmadas neste domingo, sem considerar a inclusão dos 60 óbitos da capital, foram de pessoas que estavam internadas, informou a Sesa.

Tratam-se de 16 mulheres e 14 homens, com idades que variam de 48 a 94 anos. Esses óbitos ocorreram entre 1º de outubro e 8 de novembro.

A maioria foi registrada em Londrina, no norte, e Foz do Iguaçu, no oeste, com cinco registros cada.

Internados e taxa de ocupação de leitos
A secretaria informou que 564 pacientes com diagnóstico confirmado da Covid-19 estavam internados neste domingo, a maioria em leitos do Sistema Único de Saúde (SUS). Outros 920 pacientes são considerados casos suspeitos do novo coronavírus.

Entre suspeitos e confirmados, 672 pessoas ocupam leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) públicas e privadas.

A taxa de ocupação de leitos para pacientes com suspeita ou diagnóstico de Covid-19 pela rede pública de saúde, de acordo com a Sesa, é a seguinte:

  • 60% dos 898 leitos de UTI adulta
  • 47% dos 1.135 leitos de enfermaria adulta
  • 41% dos 22 leitos de UTI pediátrica
  • 29% dos 34 leitos de enfermaria pediátrica

Em relação aos leitos de UTI da rede pública, para pacientes adultos com suspeita ou confirmação da doença, classificada pela Sesa por macrorregiões do estado, a região Leste, que abrange Curitiba, Ponta Grossa, Guarapuava e Litoral, apresenta a maior taxa de ocupação.

Confira, abaixo, a taxa de cada macrorregião:

  • Leste: 70%
  • Oeste: 43%
  • Noroeste: 46%
  • Norte: 53%

Foto: AEN

Do G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *