DELTAN DALLAGNOL USOU PARTIDO POLÍTICO PARA MOVER AÇÃO CONTRA MINISTRO

DELTAN DALLAGNOL USOU PARTIDO POLÍTICO PARA MOVER AÇÃO CONTRA MINISTRO

O procurador Deltan Dallagnol, chefe da Operação Lava Jato em Curitiba, usou a Rede Sustentabilidade como uma espécie de laranja para extrapolar suas atribuições e propor uma ação no STF (Supremo Tribunal Federal) contra o ministro Gilmar Mendes, segundo revelam mensagens privadas de integrantes da força-tarefa enviadas por fonte anônima ao site The Intercept Brasil e analisadas em parceria com o UOL.
A articulação, que envolveu o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), resultou na apresentação de uma ADPF (Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental) no Supremo para impedir que Gilmar soltasse presos em processos que ele não fosse o juiz da causa.

ROBERTO PUPIN, EX-PREFEITO DE MARINGÁ, SE DESFILIA DO PROGRESSISTAS

ROBERTO PUPIN, EX-PREFEITO DE MARINGÁ, SE DESFILIA DO PROGRESSISTAS

Carlos Roberto Pupin, ex-prefeito de Maringá pelo Progressistas, e presidente municipal da legenda, está de saída do partido. Ele encaminhou à presidente estadual da legenda, deputada Maria Victoria, carta de renúncia à presidência municipal concomitante com o pedido de desfiliação do Progressistas nesta terça-feira (06). Pupin quer ser candidato à prefeitura de Maringá nas eleições de 2020. Todavia, a executiva estadual já deixou claro que não garantirá legenda a nenhum afiliado neste ano. O partido só definirá o seu candidato a prefeito de Maringá no Leia mais

PARANÁ PODE PERDER R$ 82 MILHÕES POR OMISSÃO DA TECPAR

PARANÁ PODE PERDER R$ 82 MILHÕES POR OMISSÃO DA TECPAR

O Paraná pode perder R$ 82 milhões do Ministério da Saúde. O dinheiro viria de Brasília para a construção de uma fábrica de medicamentos do Tecpar em Maringá. E sem qualquer contrapartida financeira por parte do Estado. O recurso, que seria transferido pelo Ministério da Saúde, seria investido na construção do Centro Biotecnológico do Tecpar, sobre um terreno doado pela prefeitura de Maringá. A fábrica venderia mendicamentos para o SUS – Sistema Único de Saúde. E o Estado do Paraná receberia royalties dessas vendas. O Leia mais

PIER PETRUZZIELLO É O NOVO PRESIDENTE DO PTB EM CURITIBA

PIER PETRUZZIELLO É O NOVO PRESIDENTE DO PTB EM CURITIBA

O PTB – Partido Trabalhista Brasileiro – tem um novo presidente na capital. É o vereador Pier Petruzziello (foto), líder de Rafael Greca na Câmara Municipal de Curitiba. Petruzziello teve o apoio do ex-deputado federal Alex Canziani Silveira, que é o presidente estadual da legenda. Nas eleições de 2018, tanto a candidatura de Canziani ao senado, quanto de sua filha Luísa à Câmara Federal foram apoiadas pelo vereador. Em 2020, Pier Petruzziello deve buscar novo mandato como vereador em Curitiba. O PTB ainda não tem Leia mais

DELTAN, DESSA VEZ, PLANEJOU BUSCAR PROVAS NA SUÍÇA CONTRA MINISTRO DO STF

DELTAN, DESSA VEZ, PLANEJOU BUSCAR PROVAS NA SUÍÇA CONTRA MINISTRO DO STF

O jornal espanhol El País publicou esta tarde (06) em sua versão brasileira reportagem produzida em conjunto com o site The Intercept Brasil. Nela, apresenta diálogos interceptados inéditos que demonstram novo abuso de autoridade cometido por procuradores da Lava Jato em Curitiba. Desta vez, o ousado Deltan Dallagnol e sua turma buscaram provas contra o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal. O objetivo era pedir sua suspeição. Quem sabe, até mesmo o seu impeachment. Mesmo sabendo não ter competência para fazê-lo (Ministros do STF Leia mais

MESMO CITADO, ALVARO DIAS É POUPADO PELA LAVA JATO

MESMO CITADO, ALVARO DIAS É POUPADO PELA LAVA JATO

Defensor da Lava Jato, o senador Alvaro Dias (Podemos-PR) já foi citado como beneficiário de propinas pagas em dois episódios investigados pela operação. Apesar disso, o parlamentar nunca foi oficialmente investigado pela força-tarefa.
A PGR (Procuradoria-Geral da República), órgão responsável por investigar parlamentares com foro privilegiado, declarou que não tem apurações a respeito de Dias. Questionado, o MPF (Ministério Público Federal) do Paraná informou que não comenta inquéritos que possam ter passado pelo órgão. Já a PF (Polícia Federal) de São Paulo, que trabalhou em um caso no qual Dias foi citado, não respondeu à reportagem, mas informou em documento que nunca investigou o senador.

GOVERNO QUER QUE OUTROS PODERES TAMBÉM PAGUEM A DATA-BASE PARCELADA

GOVERNO QUER QUE OUTROS PODERES TAMBÉM PAGUEM A DATA-BASE PARCELADA

O Governo Ratinho Junior trabalhará para que os poderes Judiciário e Legislativo, bem como o Ministério Público e o Tribunal de Contas, paguem a data-base da mesma forma que o Governador (foto) fará para com os servidores do Executivo. Estes, receberão a reposição salarial que deveria ser paga em maio de 2019, parcelada nos próximos três anos. 2% em janeiro de 2020, 1,5% em janeiro de 2021, e 1,5% em janeiro de 2022. O deputado estadual Hussein Bakri (PSD), líder do governo na Assembleia Legislativa Leia mais

ELEIÇÃO DA FIEP PEGANDO FOGO

ELEIÇÃO DA FIEP PEGANDO FOGO

A eleição da FIEP – Federação das Indústrias do Estado Paraná, que acontece no dia 14 de agosto, já está pegando fogo. O atual presidente da entidade, Edson Luiz Campagnolo (foto), foi denunciado no TCU – Tribunal de Contas da União. A denuncia partiu do candidato oposicionista à presidência, José Eugênio Gizzi. O que se questiona é a “verba de representação” paga pela FIEP a Campagnolo, que beira os R$ 100 mil mensais. O denunciante argumenta ainda que o atual presidente não apresenta nenhum comprovante Leia mais

MINISTROS DO STF FAZEM CAMPANHA POR RAQUEL DODGE

MINISTROS DO STF FAZEM CAMPANHA POR RAQUEL DODGE

Parte dos ministros do Supremo Tribunal Federal faz campanha nos bastidores para influenciar o presidente Jair Bolsonaro a dar um segundo mandato à procuradora-geral da República, Raquel Dodge. Ao mesmo tempo, o presidente tem intensificado o contato com o subprocurador-geral Augusto Aras, que despontou como um dos cotados para o cargo.

LIMINAR PARA SUSPENDER INSTRUÇÃO DA RADIO PATRULHA CHEGA A CURITIBA

LIMINAR PARA SUSPENDER INSTRUÇÃO DA RADIO PATRULHA CHEGA A CURITIBA

A 13.ª Vara Criminal de Curitiba recebeu, no final da manhã desta segunda-feira (05), malote contendo a decisão liminar proferida pelo Ministro Gilmar Mendes, para que sejam suspensas as audiências de instrução da ação penal oriunda da Operação Radio Patrulha. A liminar se deu para atender um pedido do ex-governador Beto Richa (PSDB). Richa protocolou reclamação por não ter tido negado acesso às delações premiadas de Tony Garcia, Maurício Fanini e Nelson Leal Jr. Segundo a defesa do ex-governador, a negativa impede o cliente de Leia mais