ORLA DE MATINHOS É FECHADA POR DECRETO; MULTA PARA QUEM FOR À PRAIA É DE R$ 2 MIL

ORLA DE MATINHOS É FECHADA POR DECRETO; MULTA PARA QUEM FOR À PRAIA É DE R$ 2 MIL

O apelo, em forma de recomendação para não frequentar a praia, não surtiu o efeito esperado e a prefeitura de Matinhos decidiu, por decreto, fechar a orla. A partir desta quinta-feira (02/04), está proibido o acesso aos 16 quilômetros de faixa litorânea. As informações são de Katia Brembatti, da Gazeta do Povo.

Fiscais vão percorrer o trecho de areia e quem for flagrado desrespeitando a regra será, primeiramente, orientado a ir para casa. Em situação de desobediência, a multa será de R$ 2 mil.

O prefeito Ruy Hauer Reichert (PL) explica que resolveu tomar a medida porque algumas pessoas estavam se aglomerando na praia. Ele conta que encontrou grupos com caixa de som e isopor com bebidas na areia. “O tempo está bonito, tem sol, e a pessoa de frente para o mar. É difícil mesmo resistir”, pondera. Contudo, afirma que precisa tomar todos os cuidados para forçar o distanciamento social, já que Matinhos tem um caso confirmado de Covid-19.

Segundo o prefeito, os moradores estão, em sua maioria, respeitando as orientações de isolamento, mas muitas pessoas que escolheram passar a quarentena no litoral não estariam obedecendo as recomendações. Uma das preocupações é a estrutura de saúde pública, que é pensada para os residentes e pode não suportar a demanda se tiver de atender também visitantes.

Por enquanto, Matinhos não pretende decretar toque de recolher, proibindo a circulação noturna na cidade, como fizeram Paranaguá e Antonina. “Andei pela avenida principal e não tinha ninguém”, comenta Ruy, que não descarta a medida caso a movimentação se intensifique.

Foto: Rodrigo Felix Leal

Da Gazeta do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *