OFICIAL DE JUSTIÇA DIZ TER SIDO AGREDIDO PELO DEPUTADO BOCA ABERTA

OFICIAL DE JUSTIÇA DIZ TER SIDO AGREDIDO PELO DEPUTADO BOCA ABERTA

Um oficial de Justiça registrou um boletim de ocorrência afirmando que foi agredido pelo deputado federal Emerson Miguel Petriv, o Boca Aberta (Pros), na tarde de quinta-feira (30/04), depois de entregar uma intimação no gabinete do político, em Londrina, no norte do Paraná.

O servidor público Thiago Hidalgo disse que teve o joelho ralado e a tela do celular quebrada. Ele contou que procurou atendimento médico após o episódio. O boletim foi registrado por desacato e lesão corporal.

“O deputado começou a me agredir verbalmente, peguei celular para filmar como estava se portando. A partir desse momento, deu um tapa na minha mão e o celular caiu. Fui pegar e nesse momento ele me chutou na lateral do tronco, fazendo com que eu caísse de joelho”, afirma.

Em entrevista à RPC Londrina, em frente ao gabinete na Zona Norte, Boca Aberta negou que tenha agredido o oficial de Justiça.

“Eu jamais relei a mão em ninguém. Sou agredido constantemente, tanto físico como nesse quesito, por poucos oficiais de Justiça”, disse o político.

Em novembro do ano passado, outro oficial de Justiça registrou boletim de ocorrência contra o deputado dizendo que foi agredido durante uma intimação.

O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Paraná (Sindijus-PR) repudiou o episódio e afirmou que vai denunciar o caso à Justiça e à Câmara dos Deputados.

Foto: Reprodução RPC

Do G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *