NOVO DECRETO EM MARINGÁ RESTRINGE FUNCIONAMENTO DE SERVIÇOS

NOVO DECRETO EM MARINGÁ RESTRINGE FUNCIONAMENTO DE SERVIÇOS

A Prefeitura de Maringá, no norte do Paraná, publicou, nesta segunda-feira (06/07), um novo decreto com medidas mais restritivas na tentativa de conter o aumento de diagnósticos positivos de Covid-19 na cidade. As novas medidas serão aplicadas a partir de quarta-feira (8) e valem por 14 dias.

No domingo (05/07), Maringá registrou o maior número de casos de Covid-19 em um dia. Foram 91 confirmações: 31 mulheres, 55 homens e 5 crianças. No total, Maringá tem 1.848 casos confirmados e 19 mortes.

Veja o que estabelece o novo decreto:

  • Atendimentos presenciais em bares, restaurantes e demais empresas ligadas a área de alimentação deverão ocorrer das 8h às 15h. Os locais não poderão atender clientes, de forma presencia, aos sábados e domingos;
  • As entregas em domicílio poderão ocorrer de segunda a domingo até as 22h;
  • O transporte coletivo será suspenso aos sábados e domingos. Além disso, durante a semana os ônibus só podem circular com passageiros sentados;
  • Fica proibida a aglomeração de pessoas em espaços de lazer públicos, como praças, quadras esportivas . O descumprimento pode gerar a multa de R$ 500 por pessoa;
  • Supermercados, mercados, mercearias, feiras, padarias, peixarias e açougues não poderão funcionar aos domingos. O funcionamento destes locais deve se restringir de segunda a sábado, das 8h às 20h;
  • A feira do produtor poderá acontecer às quartas-feiras, das 16h às 20h, e aos sábados, das 6h às 11h;
  • Salões de beleza e barbearias poderão funcionar de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h;
  • Lotéricas não poderão abrir aos sábados;
  • Atividades da indústria e construção civil deverão ser suspensas aos sábados e domingos. A exceção é para as indústrias que não podem interromper processos produtivos pois correm o risco de inviabilizar a finalização do produto;
  • Proprietários de chácaras que alugarem os locais para festas ou eventos, e organizadores desses eventos, serão multados em R$ 10 mil em caso de descumprimento do decreto;
  • Templos religiosos poderão realizar duas celebrações presenciais por semana;

Foto: Prefeitura de Maringá

Do G1 Paraná

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *