NÃO QUEREMOS QUE A POLÍTICA ENTRE NO QUARTEL, DIZ COMANDANTE DO EXÉRCITO

NÃO QUEREMOS QUE A POLÍTICA ENTRE NO QUARTEL, DIZ COMANDANTE DO EXÉRCITO

O comandante do Exército, general Edson Leal Pujol, afirmou durante uma transmissão ao vivo na quinta (12/11) que os militares não querem “fazer parte” da política, nem que ela “entre” nos quartéis. O comandante participou de um evento do Instituto para Reforma das Relações Estado e Empresa.

“Não queremos fazer parte da política governamental ou política do Congresso Nacional e muito menos queremos que a política entre no nosso quartel, dentro dos nossos quartéis. O fato de, eventualmente, militares serem chamados a assumir cargos no governo, é decisão exclusiva da administração do Executivo”, disse Pujol. No mesmo evento, afirmou que o Exército brasileiro é um dos “menores do mundo”.

Também participaram o ex-ministro da Defesa Raul Jungmann e o ex-ministro e general da reserva Sérgio Etchegoyen, do Gabinete de Segurança Institucional (GSI). A declaração ocorreu após Jungmann afirmar que “até bem recentemente, havia quem dissesse que as Forças Armadas estão se envolvendo com a política. E eu disse que isto não era fato”.

Foto: Marcos Corrêa/PR

Da Gazeta do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *