MUNDO PASSA DOS 5 MILHÕES DE MORTES POR COVID

Foto: Agência Brasil

Mais de 5 milhões de pessoas já morreram de Covid-19 em todo o mundo desde o início da pandemia. A marca foi atingida nesta segunda-feira (1º/11), 117 dias depois do registro de 4 milhões de vítimas, segundo dados da Universidade Johns Hopkins. As informações são do g1.

Na última semana, os óbitos voltaram a subir 5% globalmente, segundo o mais recente relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS). As piores situações são na Europa, que teve 14% mais mortes do que na semana anterior, e na Ásia, com um aumento de 13% no mesmo período.

Já na África elas caíram 21%, embora o ritmo de vacinação esteja extremamente lento e a OMS preveja que apenas 5 dos 54 países africanos devam conseguir alcançar a meta de vacinar totalmente 40% de sua população até o fim do ano.

Outro fator preocupante é o caso da Rússia, que diariamente tem batido recordes de casos e mortes. Já no Brasil, a situação neste momento é bem melhor do que quando o mundo tinha 4 milhões de mortes pela doença.

Na época, o país tinha a pior média mundial de óbitos, posição que hoje cabe à Romênia. Hoje, o Brasil é o 40º nesse mesmo ranking, segundo o site “Our World in Data”.

Ranking
Os Estados Unidos continuam liderando a lista de países com o maior número de mortes por Covid-19, com 745 mil, com o Brasil em segundo lugar, com 607 mil, e a Índia em terceiro, com 458 mil, segundo a Johns Hopkins.

Veja abaixo quanto tempo se passou entre cada milhão de mortes por Covid.

  • 9 de janeiro de 2020 – 1ª morte oficial
  • 28 de setembro de 2020 – 1 milhão de mortes (263 dias depois da 1ª morte)
  • 14 de janeiro de 2021 – 2 milhões de mortes (108 dias desde o 1º milhão de mortes)
  • 17 de abril de 2021 – 3 milhões de mortes (93 dias desde os 2 milhões)
  • 7 de julho de 2021 – 4 milhões de mortes (81 dias desde os 3 milhões)
  • 1º de novembro de 2021 – 5 milhões de mortes (117 dias desde os 4 milhões)

Do g1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *