MORO DEFENDE QUE CONGRESSO VOTE PELA PRISÃO EM SEGUNDA INSTÂNCIA

MORO DEFENDE QUE CONGRESSO VOTE PELA PRISÃO EM SEGUNDA INSTÂNCIA

Após a soltura do ex-presidente Lula, o ministro da Justiça e ex-juiz da Lava Jato, Sergio Moro, se manifestou neste sábado (09/11) nas redes sociais.

Em um primeiro momento, pediu respeito à decisão do STF. Em seguida, afirmou que a medida ainda pode ser alterada. Assim o ministro voltou a defender que o Congresso aprove uma nova legislação para permitir a prisão em segunda instância. O Supremo Tribunal Federal (STF) considerou a prisão antecipada ilegal em um julgamento que terminou na última quinta-feira (07/11).

“Lutar pela Justiça e pela segurança pública não é tarefa fácil. Previsíveis vitórias e revezes. Preferimos a primeira e lamentamos a segunda, mas nunca desistiremos. A decisão do STF deve ser respeitada, mas pode ser alterada, como o próprio Min. Toffoli reconheceu, pelo Congresso”, disse Moro.”, disse o ministro em sua conta no twitter.

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *