MINISTÉRIO DA SAÚDE É ALVO DE SEGUNDO ATAQUE HACKER

Foto: Fabio Pozzebom/Agência Brasil

Queiroga afirma que ataque foi menor em comparação com o da última sexta-feira, que deixou vários sistemas da Saúde indisponíveis, mas pode atrasar o restabelecimento destes. ConecteSUS ficou fora do ar pelo quarto dia.O Ministério da Saúde sofreu o segundo ataque hacker em três dias, afirmou o chefe da pasta, Marcelo Queiroga. O ataque ocorreu entre domingo (12/12) e segunda-feira (13/12), e parte dos sistemas internos está indisponível, segundo o ministro. As informações são do Terra.

Após a Saúde inicialmente negar o ocorrido ao longo do dia, afirmando apenas que o sistema DataSUS estava em manutenção, Queiroga admitiu o ataque, mas afirmou que este teve menor impacto que o da última sexta-feira.

“Em relação a esse [segundo ataque], foi algo de menor monta e estamos trabalhando para recuperar isso o mais rápido possível”, disse o ministro.

Após as declarações de Queiroga, o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) divulgou uma nota informando que “incidentes cibernéticos contra órgãos de governo em ambiente de nuvem” ocorreram na sexta-feira. Segundo o GSI, o governo está atuando “de forma coordenada para a retomada dos serviços, que estão sendo reativados à medida em que o tratamento ocorre”.

Além da Saúde, a Controladoria Geral da União, a Polícia Rodoviária Federal e o Instituto Federal do Paraná confirmaram que tiveram seus sistemas invadidos.

Do Portal Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *