MAIA DIZ QUE GRUPO PRÓ-BOLSONARO “CONFUNDE FAZER POLÍTICA COM TOCAR O TERROR

MAIA DIZ QUE GRUPO PRÓ-BOLSONARO “CONFUNDE FAZER POLÍTICA COM TOCAR O TERROR

O presidente da Câmara dos Deputados, deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ), reagiu em redes sociais após o ato realizado em Brasília, neste domingo (03/05), por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. “Ontem enfermeiras ameaçadas. Hoje jornalistas agredidos. Amanhã qualquer um que se opõe à visão de mundo deles. Cabe às instituições democráticas impor a ordem legal a esse grupo que confunde fazer política com tocar o terror”, escreveu Maia, em seu perfil no Twitter.

Neste domingo, Bolsonaro foi até a rampa do Planalto para acenar aos manifestantes, aglomerados, que gritavam “Fora Maia”, entre outras coisas. E em declaração transmitida em live, Bolsonaro afirmou: “Tenho certeza de uma coisa, nós temos o povo ao nosso lado, nós temos as Forças Armadas ao lado do povo, pela lei, pela ordem, pela democracia, e pela liberdade. E o mais importante, temos Deus conosco”.

E ainda acrescentou: “Peço a Deus que não tenhamos problemas essa semana. Chegamos no limite, não tem mais conversa, daqui pra frente, não só exigiremos, faremos cumprir a Constituição, ela será cumprida a qualquer preço, e ela tem dupla mão”.

Foto: Najara Araújo/Arquivo Câmara dos Deputados

Da Gazeta do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *