LAVA JATO PEDE CONDENAÇÃO DE 14 ENVOLVIDOS EM CONCESSINÁRIA

LAVA JATO PEDE CONDENAÇÃO DE 14 ENVOLVIDOS EM CONCESSINÁRIA

A força-tarefa da operação Lava Jato do Ministério Público Federal apresentou à Justiça alegações finais na denúncia contra 14 pessoas – entre servidores públicos e gestores de empresas – por participação em um esquema de corrupção operado pela concessionárias de pedágio Econorte no Paraná.

O MPF acusa o grupo pelos crimes de organização criminosa, estelionato, peculato e lavagem de dinheiro. De acordo com a acusação, a organização desviava recursos arrecadados pela Econorte que deveriam ser destinados a obras nas rodovias. 

A lavagem de dinheiro teria sido praticada de diversas formas, por meio de empresas que emitiam notas fiscais falsas por serviços não prestados, aquisição de imóveis, movimentação de dinheiro em espécie, utilização de operadores financeiros, além de contratação de empresas com contratos superfaturados.

Foto: reprodução Econorte

Do Bem Paraná

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *