INSTITUTO OPINIÃO DÁ 59% DE VOTOS VÁLIDOS PARA RAFAEL GRECA

INSTITUTO OPINIÃO DÁ 59% DE VOTOS VÁLIDOS PARA RAFAEL GRECA

A pesquisa do Instituto Opinião, divulgada nesta quarta-feira (21/10), indica que, pelos dados levantados pelo Instituto, se a eleição fosse hoje, o prefeito Rafael Greca (DEM) seria reeleito já no primeiro turno com 59,41% dos votos válidos. Greca pontou com 45,57% na pesquisa estimulada, mas, 23,3% de eleitores declararam voto em branco, nulo, ou se disseram indecisos, o que dá ao prefeito este índice de quase 60% de votos válidos. Fernando Francischini (PSL) teria 10,3% dos votos válidos e Goura (PDT) 7,38%. As informações são de Roger Pereira, da Gazeta do Povo.

O índice de eleitores que, nesta pesquisa, ainda não declararam voto em nenhum candidato é elevado, mas é compatível com as abstenções, votos em branco e nulos da eleição de 2016, quando 16,4% dos eleitores curitibanos não compareceram ao local de votação e, dos que compareceram, 9% anularam o voto e 4,78% votaram em branco.

O instituto também mediu a intenção de voto espontânea em cada candidato, quando os nomes dos concorrentes não são apresentados ao entrevistado. E Greca alcançou 32,62% de intenções de voto, o que indica qual seria seu eleitorado mais fiel, que já o cita como candidato sem nem precisar ser lembrado de seu nome. Na espontânea, o segundo colocado é Goura, com 3,61%, tecnicamente empatado com Fernando Francischini 3,44%. Nenhum outro candidato atingiu 1%.

O índice de indecisos na pesquisa espontânea é o principal alento dos adversários do prefeito, que lutam para tentar levar a eleição para o segundo turno. Sem serem apresentados à lista dos candidatos, 46,80% dos entrevistados não souberam responder em quem votariam, o que indica um grande percentual de eleitores que ainda não se envolveu com o processo eleitoral e que pode ser impactados nas últimas semanas de campanha, decidindo seu voto, mesmo que, na pesquisa estimulada, tenham citado algum candidato.

A pesquisa Opinião também mediu a rejeição dos candidatos, perguntando em quem os eleitores jamais votariam. Francischini lidera essa ranking, com 28,85% de rejeição, seguido por Greca (18,03%) e João Arruda (MDB), com 13,36% de rejeição.

A pesquisa do Instituto Opinião ouviu 1.220 eleitores de Curitiba entre 16 e 19 de outubro. A margem de erro é de 2,81 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número PR – 01273/2020.

Foto: Pedro Ribas/SMCS

Da Gazeta do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *