GRECA PROMETE AMPLIAR PROGRAMAS INOVADORES DE GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA

GRECA PROMETE AMPLIAR PROGRAMAS INOVADORES DE GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA

O prefeito de Curitiba, Rafael Greca, candidato à reeleição pelo DEM, vai ampliar programas de inovação e geração de empregos lançados ou retomados por sua gestão, como Tecnoparque, Empreendedora Curitiba, Bom Negócio e 1.º Empregotech. Greca também planeja, nos próximos quatro anos, oferecer mais oportunidades para que empresas possam nascer e se desenvolver com a inauguração do Hub de Inovação de Curitiba, no bairro do Rebouças, e a operacionalização do Fundo de Inovação Vale do Pinhão (Inova VP).

A ampliação do apoio aos negócios inovadores de Curitiba foi anunciado nessa quinta-feira (22/10), durante a live “Conversa com o prefeito Rafael Greca”. Os bate-papos semanais ocorrem toda quinta-feira, sempre às 20 horas, e a live “Conversa Sobre Inovação”, que alcançou 9.228 espectadores via Facebook, Instagram e YouTube.

Inova VP – Greca projeta novas ações de apoio à inovação que devem levar Curitiba a um salto ainda maior no seu desenvolvimento sustentável, com maior geração de emprego e renda para a população. Em 2021, entra em operação o Fundo de Inovação (Inova VP), que irá destinar R$ 10 milhões a projetos de inovação e pesquisa científica e tecnológica na capital. Startups e empreendedores de impacto social, de tecnologia e de economia criativa poderão requerer os recursos.

Já, em 2022, deve ser inaugurado o Hub de Inovação de Curitiba, no bairro Rebouças, que irá reunir coworking, auditório, FabLab e espaço para eventos. “Será o primeiro edifício inteligente público da capital, onde empreendedores e startups poderão desenvolver, validar e compartilhar boas ideias e transformá-las em produtos e serviços para todos”, prevê Greca.

Fundo de aval – Greca aproveitou a live sobre inovação para convidar os microempreendedores individuais (MEIs) e pequenas empresas da capital a conhecerem os benefícios do Fundo de Aval lançado em setembro. O município fez um aporte de R$ 10 milhões na Garantisul-PR, Sociedade de Garantia de Crédito (SGC) que tem como principal função facilitar o acesso ao crédito por meio de garantias.

A medida está ajudando a alavancar até R$ 100 milhões em empréstimos aos pequenos empreendedores curitibanos, pois instituições financeiras têm mais facilidade de oferecer empréstimos. “Sei que um dos maiores obstáculos para quem tem um pequeno negócio é o acesso ao crédito financeiro, mas em Curitiba o Fundo de Aval, uma das medidas do Programa de Retomada Econômica Pós-Pandemia, já está facilitando a vida do empreendedor que precisa de um empréstimo, mas não tem garantia”, observou Greca.

Foto: Pedro Ribas / SMCS

Do Contraponto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *