FISCALIZAÇÃO DE OBRAS POR SATÉLITES RECEBE HOMOLOGAÇÃO DO TCE

Foto: Divulgação/TCE-PR

A partir do ano que vem, técnicos do Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR) passarão a ser treinados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais INPE) para análise de imagens que serão feitas, via satélites, das obras públicas em execução no Estado. Com isso, o Tribunal paranaense passará a ser referência no setor, ao mesmo tempo em que desenvolverá uma atividade até agora inédita no programa espacial brasileiro. O protocolo de intenções firmado com o INPE foi homologado na sessão de desta quarta-feira (15/12) do Pleno do TCE, por unanimidade. As informações são do Contraponto com TCE-PR.

Na assinatura do protocolo, em Brasilia, o ministro da Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), ministro Marcos Pontes, classificou a data como “um dia feliz” e parabenizou o presidente do TCE-PR pela idéia e pela coragem de levá-la adiante. Ele destacou que a fiscalização de obras públicas com o apoio de imagens de satélite contribuirá no combate ao desvio de dinheiro público. “Precisamos de um país mais justo e correto em tudo o que faz. Estamos dando a partida para usar mais a tecnologia para o bem do cidadão.”

Por sua vez, na mesma ocasião, o diretor do INPE, Clezio de Nardin, apontou a parceria com o TCE-PR como exemplo da transversalidade, da capilaridade e dos benefícios que o Programa Espacial Brasileiro pode oferecer ao país. “O INPE é uma instituição de Estado. Somos uma ferramenta de transbordo de tecnologia e inovação para os órgãos do Estado Brasileiro”, destacou. Ele classificou como um marco o acordo com o TCE-PR, que poderá ser replicado para outros órgãos públicos. O INPE comemora 60 anos de atividade neste ano.

Do Contraponto com TCE-PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *