EM 15 DIAS, CURITIBA REGISTRA QUEDA DE 53,72% NOS CASOS ATIVOS DE COVID

Foto: Geraldo Bubniak/AEN

A Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba registrou, na quarta-feira (02/03), 622 novos casos de covid-19 e cinco mortes de moradores da cidade infectados pelo novo coronavírus, com idades entre 60 e 88 anos. São 6.003 casos ativos na cidade, correspondentes ao número de pessoas com potencial de transmissão do vírus. Um levantamento feito pela reportagem do Bem Paraná revela que nos últimos 15 dias, os números da Covid na capital paranaense apresentaram queda significativa. A maior queda foi registrada nos casos ativos: redução de 53,72% entre o dia 16 de fevereiro (quando eram 12.972) e quarta-feira (02/03). O número de casos novos em Curitiba apresentou retração de 51,44% nos últimos 15 dias e o de mortes por Covid caiu 50%. As informações são de Josianne Ritz do Bem Paraná.

Com os novos casos confirmados, 408.801 moradores de Curitiba testaram positivo para a Covid-19 desde o início da pandemia, dos quais 394.677 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença. Até o momento foram contabilizadas 8.121 mortes na cidade provocadas pela doença neste período de pandemia.

Na quarta-feira (02/03), a a taxa de ocupação dos 92 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19 estava em 47%. Restam 49 leitos livres. A taxa de ocupação dos 195 leitos de enfermaria SUS covid-19 estava em 36%. Há 124 leitos vagos. A SMS esclarece que os dados da ocupação de leitos em Curitiba são dinâmicos, com alterações ao longo do dia.

Diante da queda nos indicadores de monitoramento da pandemia a nível nacional, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) classificou na semana passada o cenário atual como bastante promissor, mas destacou que as desigualdades do país criaram diferentes realidades até mesmo dentro de um mesmo município. A análise foi publicada no boletim do Observatório Covid-19, que frisa ser equivocado pensar em redução de leitos, testagem e uso de máscara no país como um todo. “Embora o cenário geral seja bastante promissor, tanto pela tendência de queda dos principais indicadores como pelo avanço na cobertura vacinal, além da chegada de medicamentos para o tratamento da covid-19, é importante sublinhar que a pandemia ainda não acabou”, afirmam os pesquisadores da Fiocruz. “Não é possível pensar na mitigação da pandemia no Brasil como um todo utilizando indicadores globais do país sem um olhar atento para outras escalas. Enquanto houver descontrole dos indicadores em um único município a pandemia não terminará”.

Saúde Já fará busca ativa
Para atingir a máxima cobertura vacinal possível em Curitiba, a partir da próxima semana, o Aplicativo Saúde Já fará busca ativa, encaminhando mensagens de lembrete aos curitibanos que têm doses pendentes.

Pessoas que receberam a primeira dose da Pfizer e não retornaram para as demais aplicações (segunda e reforço) serão o primeiro grupo a receber a mensagem reforçando que a vacina salva vidas.

Os pontos de vacinação podem ser conferidos no site Imuniza Já Curitiba, assim como documentos necessários para grupos específicos, além de documento com foto e CPF (além de um comprovante de residência, para a primeira dose).

A vacinação contra a Covid-19 nesta semana vai até amanhjã. A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) manterá 11 unidades de saúde para a vacinação dos curitibanos a partir de 5 anos – seja para a primeira ou segunda dose, para doses de reforço (3ª ou 4ª dose), para novos grupos convocados e repescagens ou para quem não compareceu na data da convocação.

As 11 unidades que aplicarão a vacina anticovid vão atender das 8h às 17h. Nove desses pontos vão vacinar crianças a partir de 5 anos, adolescentes (12 a 17 anos) e adultos (18 anos completos ou mais). A Unidade de Saúde Ouvidor Pardinho vai vacinar exclusivamente adolescentes e adultos, enquanto a Unidade de Saúde Mãe Curitibana atenderá somente as crianças (5 a 11 anos).

Quem ainda não recebeu a primeira dose pode procurar um desses pontos para a repescagem, visto que a SMS já convocou todo o público elegível para essa etapa inicial.

Evolução
Casos ativos
DatacasosVD
16/fev12.972
17/fev12.665-2,37%
18/fev12.364-2,38%
19/fev11.792-4,63%
20/fev11.605-1,59%
21/fev11.549-0,48%
22/fev11.015-4,62%
23/fev10.011-9,11%
24/fev9.644-3,67%
25/fev9.120-5,43%
26/fev8.490-6,91%
27/fev7.768-8,50%
28/fev7.224-7,00%
01/mar6.727-6,88%
02/mar6.003-10,76%
Casos novos
DatacasosVD
17/fev1281
18/fev1209-5,62%
18/fev136813,15%
19/fev1117-18,35%
20/fev824-26,23%
21/fev108531,67%
22/fev11647,28%
23/fev1070-8,08%
24/fev1022-4,49%
25/fev1016-0,59%
26/fev728-28,35%
27/fev504-30,77%
28/fev95188,69%
01/mar743-21,87%
02/mar622-16,29%
Mortes
DatacasosVD
16/fev10
17/fev9-10,00%
18/fev90,00%
19/fev5-44,44%
20/fev4-20,00%
21/fev3-25,00%
22/fev8166,67%
23/fev7-12,50%
24/fev814,29%
25/fev7-12,50%
26/fev4-42,86%
27/fev40,00%
28/fev650,00%
01/mar60,00%
02/mar5-16,67%
VD: variação em relação ao dia anterior

Boletins

Curitiba registra mais 622 casos e 5 mortes
Curitiba registrou na quarta-feira (02/03) mais 622 casos e 5 mortes pela Coviud-19. Agora o total de casos foi a 408.80 além de 8.121 óbitos
O Paraná registrou mais 4.014 casos e 15 óbitos. O total é de 2.326.866 casos confirmados e 42.114 mortos pela doença.
O Brasil registrou 30.995 novos casos e 370 mortes na quarta-feira (02/03). O total é de 28.842.160 de casos e 650.000 mortes.

Do Bem Paraná.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *