DORIA VOLTA ATRÁS E MANTÉM PRÉ-CANDIDATURA À PRESIDÊNCIA

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

João Doria (PSDB) oficializou nesta quinta-feira (31), em pronunciamento no Palácio dos Bandeirantes, a sua saída do governo de São Paulo e afirmou que vai manter a sua pré-candidatura à Presidência da República pelo partido. As informações são de Rodrigo Rodrigues e Marina Pinhoni, do g1.

O vice-governador, Rodrigo Garcia (PSDB), irá assumir no seu lugar e se candidatará ao cargo no estado. O evento foi realizado no momento em que havia uma discussão sobre uma possível desistência de Doria à disputa.

Ele defendeu ainda a construção de uma “frente ampla”: “É hora de enfrentarmos as adversidades coletivamente e não individualmente. É hora de construir uma frente ampla”.

Recuo na desistência
Ao longo do dia, o plano de uma possível desistência da pré-candidatura ao Palácio do Planalto era aventado como uma espécie de contra-ataque de Doria ao que ele via como uma traição do PSDB – uma ala do partido defende que o candidato tucano à Presidência seja Eduardo Leite, que deixou o governo do Rio Grande do Sul.

Garcia foi pego de surpresa e se irritou com a possibilidade de Doria permanecer no governo. Em protesto, pediu demissão do cargo de secretário de Governo.

Do g1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *