DESEMBARGADOR JOSÉ LAURINDO DE SOUZA NETTO É ELEITO PRESIDENTE DO TJ-PR

DESEMBARGADOR JOSÉ LAURINDO DE SOUZA NETTO É ELEITO PRESIDENTE DO TJ-PR

O desembargador José Laurindo de Souza Netto foi eleito presidente do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), para o biênio 2021-2022, em eleição realizada de forma virtual, nesta segunda-feira (09/11). As informações são do G1 PR e RPC Curitiba.

Na primeira eleição realizada de forma remota da história do tribunal, 120 desembargadores elegeram novos membros para a cúpula diretiva e também definiram os nomes que devem ocupar os cargos na ouvidoria, Órgão Especial e Conselho de Magistratura do TJ-PR.

Durante a tarde desta segunda-feira, o tribunal divulgou os nomes dos escolhidos para as funções, com exceção da escolha para o cargo de presidente, que foi definida em uma segunda votação.

O resultado do nome de quem deve chefiar o TJ-PR foi divulgado no começo da noite. Souza Netto foi escolhido com 74 votos. A posse deve ocorrer no dia 1º de fevereiro de 2021.

Presidente eleito
O presidente eleito do Tribunal de Justiça do estado é curitibano e tem 60 anos. José Laurindo de Souza Netto é desembargador desde 2010.

Doutor em relações sociais pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), publicou três livros, entre eles, “Lavagem de dinheiro”, obra que foi citada pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), durante o julgamento do mensalão, em 2012.

O ministro citou o livro ao fundamentar a tese de que nem todas as condutas de ocultar valores configuram lavagem. É necessário, segundo o livro, demonstrar a intenção de esconder a origem ilícita do dinheiro.

O desembargador que vai comandar a Justiça paranaense a partir do ano que vem, atualmente, ocupa o cargo de segundo vice-presidente do TJ-PR.

Resultado da eleição

Cúpula Diretiva

  • Presidente: Desembargador José Laurindo de Souza Netto – 74 votos;
  • 1º Vice-Presidente: Desembargador Luiz Osório Moraes Panza – 60 votos;
  • Corregedor-Geral da Justiça: Desembargador Luiz Cezar Nicolau – 111 votos (candidato único);
  • 2º Vice-Presidente: Desembargadora Joeci Machado Camargo – 86 votos;
  • Corregedor da Justiça: Desembargador Espedito Reis do Amaral – 114 votos (candidato único).

Ouvidoria

  • Ouvidor-Geral: Desembargador Celso Jair Mainardi – 66 votos;
  • Ouvidor: Desembargador Jorge de Oliveira Vargas – 97 votos (candidato único).

Órgão Especial (OE)

  • Desembargadora Vilma Régia Ramos de Rezende – 100 votos;
  • Desembargador Clayton de Albuquerque Maranhão – 107 votos;
  • Desembargador Fábio Haick Dalla Vecchia – 97 votos;
  • Desembargador Marco Antonio Antoniassi – 95 votos;
  • Desembargador Fernando Ferreira de Moraes – 92 votos;
  • Desembargador Mario Helton Jorge – 90 votos;
  • Desembargadora Ana Lúcia Lourenço – 88 votos;
  • Desembargadora Astrid Maranhão de Carvalho Ruthes – 86 votos;
  • Desembargadora Lenice Bodstein – 70 votos;
  • 1º Suplente: Desembargador Paulo Cezar Bellio;
  • 2º Suplente: Desembargador José Sebastião Fagundes Cunha.

Conselho da Magistratura

  • Desembargador Sigurd Roberto Bengtsson – 104 votos;
  • Desembargador Francisco Eduardo Gonzaga de Oliveira – 90 votos;
  • Desembargadora Themis de Almeida Furquim – 81 votos;
  • Desembargador Roberto Antônio Massaro – 81 votos.

Foto: Reprodução / Maringá Post

Do G1 PR e RPC Curitiba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *