DECRETO DE GOVERNADOR SOBRE QUARENTENA RESTRITIVA GERA MAL-ESTAR ENTRE ALIADOS

DECRETO DE GOVERNADOR SOBRE QUARENTENA RESTRITIVA GERA MAL-ESTAR ENTRE ALIADOS

O decreto assinado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) no último dia 30 para determinar uma “quarentena restritiva” em sete regiões do Paraná acabou respingando em alianças políticas. As informações são de Catarina Scortecci, da Gazeta do Povo.

O deputado estadual Tiago Amaral (PSB), cujo nome está sendo cotado para a disputa eleitoral na prefeitura de Londrina, anunciou que está deixando a vice-liderança do governo Ratinho Junior na Assembleia Legislativa.

“Na minha opinião, os prefeitos deveriam decidir sobre a suspensão ou não das atividades e assumir a responsabilidade. Não concordo com a posição da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) de determinar a obrigatoriedade dessa suspensão”, afirmou Tiago, na sessão remota da Alep, nesta segunda-feira (06/07).

Ele estava na vice-liderança desde abril de 2019 e costumeiramente assumia a relatoria dos projetos de lei considerados mais sensíveis pelo Palácio Iguaçu. Londrina foi uma das 134 cidades afetadas pelo decreto 4.942, que determina a suspensão de todas as atividades não essenciais, sob pena de multa. A reação do setor comercial de Londrina foi imediata e o atual prefeito da cidade, Marcelo Belinati (PP), tenta reverter a decisão da Sesa.

Foto: Alep

Da Gazeta do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *