CURITIBANOS ‘ESQUECEM’ CORONAVÍRUS E DESRESPEITAM REGRAS DE DISTANCIAMENTO EM PARQUE

CURITIBANOS ‘ESQUECEM’ CORONAVÍRUS E DESRESPEITAM REGRAS DE DISTANCIAMENTO EM PARQUE

Com sol, a terça de feriado de Tiradentes parecia normal no Parque Barigui, ou seja, não dava nem para lembrar que a cidade está em plena pandemia de coronavírus. A reportagem do Bem Paraná flagrou muitas pessoas fazendo exercícios e muitas sem cumprir o distanciamento social recomendado pela Prefeitura de Curitiba. Nesta terça (21/04), também chamava atenção o número de pessoas sem máscara no local. As informações são de Josianne Ritz, do Bem Paraná.

Como o estacionamento do parque está fechado na tentativa de impedir a presença de muitas pessoas no parque, de acordo com um dos guardas do local, os frequentadores do parque estão estacionando os carros de qualquer jeito na frente das casas na região, o que tem gerado uma demanda a mais para os órgãos de trânsito e para o 156. “O trânsito na região está impraticável, outro dia fiquei presa sem poder sair de casa porque tinham dois carros atravessados na frente da garagem. Que parem com esse fingimento e abram logo o estacionamento”, disse uma moradora da região, que não quis se identificar com medo de represálias. 

O movimento nas ruas, lojas, parques da cidade vem aumentando gradativamente em Curitiba há duas semanas e se intensificou na última sexta (17) com a ‘liberação’  para abertura das lojas do comércio de Curitiba, embora a prefeitura afirme que nunca proibiu a abertura em decretos, as regras para abertura só foram definidas na semana passada após pressão da Associação Comercial do Paraná (ACP).

Secretário pede isolamento social: ‘É único remédio eficaz’ 
O secretário de Estado de Saúde, Beto Preto, em entrevista ao jornal do Meio Dia da RPC nesta terça (21/04), reafirmou a necessidade de isolamento domiciliar para segurar o avanço de casos e mortes por covid-19 no Paraná. “Estamos tranquilos ainda no Paraná, porque as regras de isolamento vinham sendo cumpridas. Não há melhor medicamento para o coronavírus que o isolamento social. Nós ainda estamos atrás de equipamentos para preparar hospitais precisamos desse tempo. Peço que a população fique em casa”, disse o secretário.

Segundo ele, 30% das Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) estão ocupadas com casos de covid-19, mas com o descumprimento das medidas de isolamento, esse número deve crescer rapidamente. “O Paraná está numa situação tranquila em relação a outros estados, porque os paranaenses estavam seguindo as medidas. Tudo pode mudar rapidamente. Há uma falsa sensação de controle. Mas que qualquer deslize será o caos”, afirmou Beto Preto. Há 40 dias, o Paraná registrava os primeiros seis casos, em 12 de março. De lá para agora a doença levou à morte 51 pessoas e no total 1007 moradores do estado têm o diagnóstico de Covid-19 confirmado laboratorialmente.

Foto: Valquir Aureliano

Do Bem Paraná

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *