CURITIBA INVESTIGA POSSÍVEIS CASOS DE REINFECÇÃO PELO NOVO CORONAVÍRUS

CURITIBA INVESTIGA POSSÍVEIS CASOS DE REINFECÇÃO PELO NOVO CORONAVÍRUS

Num momento em que diversos países registram uma segunda onda de Covid-19, uma das principais preocupações sanitárias é a possibilidade de reinfecção pelo novo coronavírus. E nesta sexta-feira (16 de outubro), em live transmitida pela Prefeitura de Curitiba, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) confirmou que está investigando casos de pacientes curitibanos que foram infectados pela doença e, tempos depois de se recuperarem, voltaram a apresentar sintomas. As informações são do Bem Paraná.

Segundo a médica infectologista Marion Burger, algumas das 44 mil pessoas residentes de Curitiba que tiveram diagnóstico positivo para Covid-19 e se recuperaram voltaram a apresentar sintomas após um certo tempo. “Estamos investigando essa suspeita de reinfecção, se há mais de uma cepa de coronavírus circulando. Por isso, é importante que todos continuem com todos os cuidados”, reforçou Burger, destacando a necessidade de mesmo aqueles que já foram contaminados seguirem respeitando os protocolos sanitários.

Mais cedo, em entrevista à rádio CBN, a especialista comentou que as autoridades sanitárias se mantém em alerta para a situação desde agosto, quando Hong Kong divulgou o primeiro caso de reinfecção pela doença. Ainda segundo ela, casos assim são muito raros e os pacientes voltaram a ser infectados ou a apresentar sintomas da doença com intervalo de pouco mais de dois meses da primeira infecção.

Boletim atualizado
A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Curitiba confirmou nesta sexta-feira (16 de outubro) mais 274 casos de infecção pelo novo coronavírus e outros quatro óbitos envolvendo moradores da capital paranaense. Com isso, o município já totaliza 48.486 pessoas com diagnóstico de Covid-19, das quais 1.401 vieram a óbito.

Os quatro óbitos mais recentes, informou a médica-infectologista Marion Burger, vitimaram três homens e uma mulher, com idade entre 64 e 88 anos.

Foto: Reprodução / Facebook

Do Bem Paraná

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *