CÁRMEN LÚCIA MANTÉM QUEBRA DE SIGILO DE BARROS DETERMINADA PELA CPI

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia decidiu manter nesta segunda-feira (23) as quebras de sigilos telefônico, fiscal, bancário e telemático do líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), determinadas pela CPI da Pandemia. A informação foi divulgada pelo portal G1.

A defesa de Barros apontou supostas ilegalidades no processo de aprovação das medidas. Além disso, os advogados afirmaram que não cabe à comissão quebrar a restrição de acesso a dados de um parlamentar. Na decisão, a ministra entendeu que os interesses particulares não se sobrepõem a “razões de relevante interesse público”.

Em sua conta no Twitter, o deputado comentou o ocorrido:

Com informações da Gazeta do Povo e G1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *