Aurélio Munhoz

Aurélio Munhoz é graduado em Jornalismo pela UEPG-Universidade Estadual de Ponta Grossa (1991) e em Ciências Sociais pela UFPR- Universidade Federal do Paraná (1995). É especialista em Sociologia Política pela UFPR (2004) e em Comunicação Organizacional pela FAE Business School (2010). É mestrando em Comunicação Política da UFPR. Jornalista profissional, é assessor de Comunicação da AMP (Associação dos Municípios do Paraná), consultor em Relações Governamentais do Complexo Hospitalar Pequeno Príncipe, secretário da ONG Instituto Educacional Eureka, integrante do Grupo de Pesquisa em Comunicação Eleitoral da UFPR e membro efetivo do Conselho Permanente de Direitos Humanos do Paraná. Foi professor colaborador de Jornalismo na UFPR (2000 a 2002) e assessor de Comunicação da UFPR (2014 a 2018). Atuou nas Assessorias de Comunicação do Governo do Paraná, Uvepar (União dos Vereadores do Paraná) e de vários deputados federais. Foi repórter, editor e articulista de Política, de Economia e de Cidades em veículos como: revista Carta Capital, Rede Mercosul de TV e o jornal O Estado do Paraná.
*** Os textos publicados pelo autor não refletem, necessariamente, a opinião de A Política Paraná.

OS FANTASMAS DA DITADURA VOLTAM A ASSOMBRAR A NAÇÃO

OS FANTASMAS DA DITADURA VOLTAM A ASSOMBRAR A NAÇÃO

Não foi obra do destino o fato de o policial reformado e deputado federal Daniel Silveira (PSL/RJ) ter exibido um rosário de impropérios contra a democracia e o STF (Supremo Tribunal Federal) e a favor de atos extremistas de extrema direita, na semana passada, que lhe custou a prisão e a ascensão ao posto de parlamentar mais tosco do Congresso Nacional. Silveira, assim como ocorre com os bolsonaristas mais radicais, agiu de forma deliberada – e nada inocente. No vácuo da pandemia da covid-19 e Leia mais

HUCK RECEBE AS BÊNÇÃOS DA MÍDIA MERCENÁRIA E DA VELHA DIREITA

HUCK RECEBE AS BÊNÇÃOS DA MÍDIA MERCENÁRIA E DA VELHA DIREITA

A velha e carcomida direita brasileira, com o apoio da grande mídia mercenária, parece finalmente ter encontrado um candidato para chamar de seu nas eleições presidenciais de 2022: o apresentador e empresário Luciano Huck- estrela das tardes de sábado da Rede Globo de TV. Não por acaso. Percebendo a tragédia anunciada em que se constitui o governo Jair Bolsonaro, que deve se agravar com o acirramento da crise econômica instalada no Brasil desde 2013, os apoiadores da manutenção do status quo existente no país começam Leia mais

A FARSA DA LAVA JATO, ENFIM, SEPULTADA

A FARSA DA LAVA JATO, ENFIM, SEPULTADA

Foram necessários quase sete anos para que a inacreditável sucessão de aberrações jurídicas, de autoritarismo, de vaidades e de abusos de autoridade cometidos pela mais midiática, polêmica, dura e injusta operação de combate à corrupção do País fossem lançadas no colo dos seus entusiastas. A Lava Jato acaba sem deixar saudades. Mesmo tendo sido um marco no combate à corrupção e recuperado R$ 4,3 bilhões aos cofres públicos desde que começou, em março de 2014 (outros R$ 15 bilhões poderão ser devolvidos em acordos de Leia mais

AS ELEIÇÕES NA CÂMARA E NO SENADO PRENUNCIAM O CENÁRIO DE 2022

AS ELEIÇÕES NA CÂMARA E NO SENADO PRENUNCIAM O CENÁRIO DE 2022

Independentemente do resultado da sucessão nas Presidências da Câmara Federal e do Senado, o fato é que a disputa antecipa o provável cenário das composições políticas que ocorrerão na sucessão presidencial de 2022. E, neste cenário, a oposição larga com clara desvantagem. Isso não se deve apenas à notória máquina de produzir altos salários e incontáveis cargos na estrutura generosa do Governo Federal, que coopta aliados com a mesma facilidade com que criadores fazem galinhas caipiras saltarem dos puleiros diante da sua dose diária de Leia mais

O BOLSONARISMO CAUSA GRAVES DANOS À CULTURA BRASILEIRA

O BOLSONARISMO CAUSA GRAVES DANOS À CULTURA BRASILEIRA

O Bolsonarismo prossegue a sua sanha de destruição, em todas as áreas. A mais recente vítima da saga de ignorância e de estupidez liderada pelo presidente da República foi a Cultura, com o fim de uma das bandas mais populares do Brasil: o Boca Livre. Não é um tema menor, no atual contexto. A decisão do músico David Tygel de se juntar aos grandes Zé Renato e Lourenço Baeta, que se retiraram da banda em repúdio às posições bolsonaristas do arranjador Maurício Maestro e em Leia mais

A SAÍDA DA FORD E O CALVÁRIO DAS PEQUENAS EMPRESAS

A SAÍDA DA FORD E O CALVÁRIO DAS PEQUENAS EMPRESAS

Enquanto a imprensa massifica o coro de lamentações pela decisão da fabricante de veículos Ford de fechar suas indústrias no Brasil, empresários de muito mais relevância para a economia brasileira agonizam: as pequenas empresas e os microempreendedores. No primeiro caso, estamos falando de 6,5 milhões de pequenos estabelecimentos, segundo o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequena Empresas) – 99% do total existente no País. Juntas, estas empresas respondem por nada menos que 54% dos empregos com carteira assinada no setor privado, o Leia mais

2021: O ANO MAIS DECISIVO PARA BOLSONARO

2021: O ANO MAIS DECISIVO PARA BOLSONARO

Surfando na onda do populismo de extrema direita, com o apoio de 1/3% da população brasileira, o presidente Jair Bolsonaro terá em 2021 o maior desafio da sua gestão: manter sua popularidade em alta, mesmo sem o pagamento do auxílio emergencial e com a grave crise econômica que assola o país. Não será tarefa nada fácil. Primeiro, porque o desemprego atingiu o recorde de 14,6% entre os trabalhadores com carteira assinada no terceiro trimestre do ano – o pior resultado durante os 12 anos da Leia mais

NEYMAR SIMBOLIZA A DECADÊNCIA MORAL DO FUTEBOL BRASILEIRO

NEYMAR SIMBOLIZA A DECADÊNCIA MORAL DO FUTEBOL BRASILEIRO

Neymar Junior está longe de ser o principal jogador do País e dono da camisa 10 da seleção comandada pelo técnico Tite; é o próprio símbolo do que existe de pior no futebol brasileiro, em termos morais. A decisão do jogador de promover uma festa de réveillon para supostas 500 pessoas em sua mansão no município de Mangaratiba, no Litoral do Rio de Janeiro, durante a pandemia, é apenas a gota d´água da decadência da paixão nacional. Mas não a única. Até as conchas das Leia mais

O FEMINICÍDIO, A EXTREMA DIREITA E A FALÊNCIA CULTURAL DO BRASIL

O FEMINICÍDIO, A EXTREMA DIREITA E A FALÊNCIA CULTURAL DO BRASIL

A última semana do ano começou com uma tragédia que sensibilizou o Brasil: o assassinato da juíza carioca Viviane Vieira do Amaral Arronenzi pelo seu marido, o engenheiro Paulo José Arronenzi. O crime chocou não só por força da brutalidade e da estupidez do assassinato, mas porque foi cometido na frente das três filhas do casal, todas menores de idade. Apesar da gravidade deste crime e do aumento do feminicídio em todos os Estados brasileiros, a sucessão de assassinatos de mulheres permanece desprezada por boa Leia mais

RODRIGO MAIA DESONRA O CARGO QUE OCUPA

RODRIGO MAIA DESONRA O CARGO QUE OCUPA

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM/RJ), termina seu segundo mandato no comando da Casa, em 31 de janeiro, sem deixar saudades. Embora pose de parlamentar moderado, que faz contrapeso aos arroubos fascistas do presidente Jair Bolsonaro, Maia já deu provas de que não nega sua origem fisiológica e oportunista, forjada na escola do seu pai, o ex-prefeito do Rio de Janeiro Cesar Maia – condenado pela 21ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, em agosto, por improbidade administrativa. Não faltam Leia mais